Meliante perturba moradores em Santa Terezinha, tenta atropelar policiais e é preso

21 Setembro 2015 09:43:29

O indivíduo estava embriagado e portava armas em veículo.

Central de Operações da Polícia Militar

A Central de Operações da Polícia Militar (Copom) recebeu a informação de que o indivíduo ‘V.C.’ estaria perturbando e ameaçando os moradores da localidade Assentamento 25 de Maio, no interior de Santa Terezinha. O caso foi registrado por volta das 6h40 de domingo (20). Segundo o Boletim da Copom, diversas ligações foram recebidas notificando o caso.

A guarnição de Santa Terezinha solicitou apoio da viatura de Rio do Campo. Na localidade um senhor que chamou a guarnição,  informou que o indivíduo teria acabado de sair da sua residência e teria tomado destino em direção ao Salão da Igreja da localidade. Em busca por V.C., próximo ao Salão, foi constatado que um veículo das mesmas características estava transitando em direção das guarnições.

O meliante, ao se deparar com as guarnições, se lançou em direção das viaturas, desobedecendo à ordem de parada que lhe foi dado.  Logo após os policiais desembarcaram das viaturas e tentaram realizar a abordagem do masculino. V.C. novamente jogou o veículo em direção dos policiais. Ao ser devidamente abordado, o indivíduo reagiu a abordagem se negando a sair do veículo, sendo necessário o uso da força física e dos meios não letais spray de Pimenta para retirar o masculino do interior do veículo.

Foi constatado sinal de embriaguez, odor etílico, bem como, visíveis lesões leves na face.  No momento da busca pessoal, o agente, por estar sobre influencia de álcool, se encontrava muito agressivo, sendo necessário imobilizá-lo usando as técnicas de defesa pessoal e o colocado no chão.

 Após imobilizar o masculino, a guarnição fez busca no mesmo e nada foi achado nada consigo. Nas buscas no interior do veículo, os policiais localizaram quatro armas no banco do passageiro, duas no banco de trás e um facão. Diante da situação, foi dado voz de prisão, ao indivíduo e algemado o mesmo por dirigir veículo sob influencia de álcool, porte ilegal de arma de uso permitido e desobediência.

O autor dos fatos foi conduzido até DPCO de Taió e posteriormente á Delegacia Regional de Policia Civil de Rio do Sul para as devidas providências (lavratura dos autos). Em deslocamento, o agente vinha dizendo que possuía muitos bens, que teria trezentos mil reais para gastar com advogado para processar os policiais que o prenderam.

 

Na Delegacia Regional de Policia Civil o agente foi submetido a exame de corpo de delito e a pericia medica para apurar o percentual de sua embriaguez. Durante o exame, o agente ao ser indagado sobre suas lesões, respondeu que havia “apanhado” dos policiais, sendo que nenhum policial militar presente na ocorrência agrediu o agente, apenas foi necessário o uso da força por parte dos policiais devido a resistência de Valdecir e sua agressividade e exaltação. Os pertencem de Valdecir ficaram no veículo: uma mala de roupa, uma bolsa de alça com roupa, um saco com apetrecho de pesca. O veículo  posteriormente foi conduzido ao pátio do guincho Pijurauto.

A Central de Operações da Polícia Militar (Copom) recebeu a informação de que o indivíduo ‘V.C.’ estaria perturbando e ameaçando os moradores da localidade Assentamento 25 de Maio, no interior de Santa Terezinha. O caso foi registrado por volta das 6h40 de domingo (20). Segundo o Boletim da Copom, diversas ligações foram recebidas notificando o caso.

A guarnição de Santa Terezinha solicitou apoio da viatura de Rio do Campo. Na localidade um senhor que chamou a guarnição,  informou que o indivíduo teria acabado de sair da sua residência e teria tomado destino em direção ao Salão da Igreja da localidade. Em busca por V.C., próximo ao Salão, foi constatado que um veículo das mesmas características estava transitando em direção das guarnições.

O meliante, ao se deparar com as guarnições, se lançou em direção das viaturas, desobedecendo à ordem de parada que lhe foi dado.  Logo após os policiais desembarcaram das viaturas e tentaram realizar a abordagem do masculino. V.C. novamente jogou o veículo em direção dos policiais. Ao ser devidamente abordado, o indivíduo reagiu a abordagem se negando a sair do veículo, sendo necessário o uso da força física e dos meios não letais spray de Pimenta para retirar o masculino do interior do veículo.

Foi constatado sinal de embriaguez, odor etílico, bem como, visíveis lesões leves na face.  No momento da busca pessoal, o agente, por estar sobre influencia de álcool, se encontrava muito agressivo, sendo necessário imobilizá-lo usando as técnicas de defesa pessoal e o colocado no chão.

 Após imobilizar o masculino, a guarnição fez busca no mesmo e nada foi achado nada consigo. Nas buscas no interior do veículo, os policiais localizaram quatro armas no banco do passageiro, duas no banco de trás e um facão. Diante da situação, foi dado voz de prisão, ao indivíduo e algemado o mesmo por dirigir veículo sob influencia de álcool, porte ilegal de arma de uso permitido e desobediência.

O autor dos fatos foi conduzido até DPCO de Taió e posteriormente á Delegacia Regional de Policia Civil de Rio do Sul para as devidas providências (lavratura dos autos). Em deslocamento, o agente vinha dizendo que possuía muitos bens, que teria trezentos mil reais para gastar com advogado para processar os policiais que o prenderam.

Na Delegacia Regional de Policia Civil o agente foi submetido a exame de corpo de delito e a pericia medica para apurar o percentual de sua embriaguez. Durante o exame, o agente ao ser indagado sobre suas lesões, respondeu que havia “apanhado” dos policiais, sendo que nenhum policial militar presente na ocorrência agrediu o agente, apenas foi necessário o uso da força por parte dos policiais devido a resistência de Valdecir e sua agressividade e exaltação. Os pertencem de Valdecir ficaram no veículo: uma mala de roupa, uma bolsa de alça com roupa, um saco com apetrecho de pesca. O veículo  posteriormente foi conduzido ao pátio do guincho Pijurauto.

O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|