Posto de bombeiros é um anseio da população

JATV

Assim como em muitas cidades menores, a instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros em Rio do Campo é um anseio da população.

Sergio da Rosa é natural de Apiuna, trabalha como costureiro e também como brigadista particular. Sérgio fez o curso para atuar como bombeiro, sua paixão. "Em 2011, em uma enchente que teve no município de Apiuna, não estava formado ainda, mas já atuava como bombeiro, foi daí que veio a paixão. Fiz o curso e estou atuando", conta Sérgio que é bombeiro há cerca de 5 anos, num primeiro período atuou como voluntário, mas atualmente é bombeiro comunitário.

Atuando como BC (Bombeiro Comunitário), Sérgio presta serviços voluntários junto ao Corpo de Bombeiros de Taió "A minha obrigação como bombeiro comunitário, em Taió, são 24 horas mensais. Cada semestre tenho que fechar 120 horas, necessárias para ser promovido na atividade", cita ele e explica como funciona essa promoção "Com promoção do bombeiro comunitário, ganha-se um 'distintivo de grau' para colocar no uniforme, a quantidade de 'nós' representa a quantidade de horas que você prestou de serviço". A expressão 'distintivo de grau' e 'nós' são gravuras relacionadas ao uniforme do bombeiro.

Nos últimos meses houveram algumas ocorrências de incêndio no município de Rio do Campo, que não conta com uma corporação de bombeiros, algo que é um anseio da população, visto que, quando ocorre uma fatalidade a cidade depende da corporação de Taió, que devido à distância, cerca de 37 km entre os centros dos dois municípios, a resposta leva entre 25 e 35 minutos, em média, para chegar com o caminhão de combate a incêndio, dependendo do trânsito e condições climáticas. E quando a resposta é com o ASU (Auto Socorro de Urgência) leva entre 20 a 25 minutos para deslocamento.

Ocorrências como a registrada no sábado na casa da Amanda, em casa de madeira, o fogo leva menos que esse tempo do deslocamento dos bombeiros para consumir o ambiente.

Sérgio destaca a importância de um posto em Rio do Campo "Desde que cheguei no município e fiquei sabendo que em Taió fica o posto mais próximo, já conversei com algumas pessoas sobre a importância de ter bombeiro na cidade. E, lamentavelmente, casos de incêndio na época de secagem de fumo é bem recorrente, casos clínicos também. O nosso município também é cortado por uma SC onde com mais frequência acontecem acidentes", menciona o bombeiro voluntário.

Ao ser questionar sobre a parceria para a possibilidade de acontecer a instalação de um posto em Rio do Campo, Sérgio se mostra disposto a ajudar "Eu seria o primeiro a vestir a farda do nosso município com muito orgulho", finaliza.


Há possibilidades de Rio do Campo contar com uma corporação de Bombeiros? 


Rodrigo Preis, Prefeito de Rio do Campo conta que já em seu primeiro mandato, 2013/2016, visitou o Corpo de Bombeiros de Taió e apresentou a necessidade da instalação de um posto no município. Após os contatos como prefeito, Rodrigo diz que, embora essa necessidade seja extrema, é ciente das dificuldades para que isso aconteça. "Devido à distância de Taió, nos casos de emergência, principalmente incêndios, até o pessoal chegar em Rio do Campo o fogo já consumiu tudo. Também em casos de acidentes o corpo de bombeiros ajudaria muito. Mas é uma situação que não depende da prefeitura, depende do Governo do Estado que mantém as unidades de Corpo de bombeiros", menciona.

A última ida à corporação teve bons resultados, conta Rodrigo. "Em 2018, na última conversa que tivemos ficou combinado que, em 2019, seja criada uma estrutura mínima, com capacitações aos nossos funcionários, para que possam agir diante de algumas emergências. Uma formação principalmente aos servidores da Secretaria de Obras e aos motoristas, para que possam agir da melhor maneira em casos de emergências", cita o Prefeito e acrescenta "Estamos lutando para essa parceria. Qualquer outra ação não é atribuída à prefeitura, que também não teria condições de instalar e manter o Corpo de Bombeiros no município".

Conforme Preis, a prefeitura está disposta a ajudar "Caso o estado queira implantar uma corporação vamos ser parceiros com toda certeza para que possamos atender a comunidade, tanto de Rio do Campo como de Santa Terezinha", finaliza.



 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 




PUBLICIDADE

O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|