Rio do Campo

Secretaria da Saúde promove Semana da Saúde Bucal nas Instituições de Ensino do Município

474x190

Anualmente, no mês de outubro, acontece a Semana Bucal no Estado de Santa Catarina, culminada no dia 25, que é o Dia do Cirurgião-Dentista. O evento tem por objetivo chamar atenção da sociedade catarinense para a importância da saúde bucal e também para enaltecer o trabalho que os profissionais da Odontologia desempenham participando do cuidado da saúde geral e do sorriso das pessoas.

A Semana de Saúde Bucal deste ano foi contemplada com um informativo e divertido teatro elaborado pelas professoras Emília Schorner e Cleusa Regina Machado da EEB Dr. FF de Mello, juntamente com a Cirurgiã Dentista Maria Angélica Lucca.

Há mais de 23 anos a Secretaria de Saúde, através da Dra. Maria Angélica Lucca, desenvolve o programa saúde bucal, sendo este um projeto de prevenção nas escolas em parceria com a Secretaria de Educação. Essa parceria possibilita usar o ambiente escolar para a educação em saúde a fim de promover o conhecimento e a conscientização da comunidade escolar (pais, alunos, funcionários, professores) sobre a importância da saúde bucal visando construir novas relações com a saúde.

Por meio do teatro "E a bruxa dançou" foram abordadas informações sobre hábitos alimentares, tais como: O consumo de alimentos ultraprocessados, biscoitos recheados, salgadinhos "de pacote" e refrigerantes. Estes produtos têm ingredientes e métodos de processamento que alteram desfavoravelmente a sua composição nutricional como, por exemplo, o aumento do conteúdo de sódio ou a quantidade de calorias e também afetam a condição de saúde da boca. Através dos maus hábitos alimentares e da má higiene bucal acometem doenças como cárie, gengivite e periodontite. Esses fatores podem provocar até a perda dentária. Portanto, a escolha do alimento tem papel importante na saúde bucal. Por isso é fundamental estarmos atentos ao consumo diário de laticínios, proteínas, verduras, frutas, carboidratos e cereais. No grupo dos carboidratos encontram-se os açúcares, que são essenciais na absorção da gordura pelas bactérias responsáveis pelo desenvolvimento da cárie. Os carboidratos são fontes de energia e podem ser encontrados em todos os alimentos, porém em quantidades variáveis. Alguns exemplos são: pão, batata, ervilhas, leite (lactose), frutas (frutose). A sacarose, presente no açúcar refinado, doces, balas e refrigerantes é a mais perigosa, uma vez que as bactérias absorvem com mais rapidez e facilidade e, quando "alimentadas", crescem mais rápido.

 

Por outro lado, estimulou-se o consumo de alimentos in natura, como frutas, legumes, grãos e produtos de origem animal que não passaram por processos de industrialização, assim como os alimentos minimamente processados que, apesar de passarem por pequenas intervenções humanas - como torrar, secar, triturar, entre outros processos - não perdem a maioria das suas características naturais. Além disso, também não é adicionado nenhum tipo de elemento a eles, como sal, açúcar, corantes e gordura. É por isso que eles também podem ser considerados parte dos alimentos naturais. Ambos têm grandes quantidades de vitaminas e outros nutrientes trazendo benefícios para o corpo.

Essa ação culminou o trabalho de uma equipe multidisciplinar desenvolvido ao longo de todo o ano de 2019. No espaço escolar proporcionou-se um aprendizado continuado em saúde através de intervenções, ações em saúde no decorrer do ano letivo que vão desde a escovação, bochechos com flúor e atividades educativas, muitas vezes, até desconstruindo hábitos alimentares de consumo e aprimorando o conhecimento desta comunidade. Desta forma podem entender e conhecer a importância destes cuidados levando-os ao monitoramento de suas ações, de suas famílias e até mesmo de seu entorno social.






Aproveitando os frutos desses trabalhos, ou encerrando as atividades os professores trabalharam com o tema "saúde bucal-alimentação" através de produção textual e desenhos. A ação visa a valorizar e proporcionar oportunidades para as crianças do nosso município.

Convém pontuar a participação dos alunos na colaboração dos trabalhos bem como dos diretores, professores, funcionários das escolas, que foi de vital importância para realização dos trabalhos.

A educação bucal é responsabilidade de todos os adultos com as quais as crianças e adolescentes convivem, seja na família, na escola ou em outros espaços públicos. Por meio do investimento em saúde preventiva, temos como consequência a diminuição de ações curativas, o que incide de maneira direta no orçamento público. O olhar holístico sobre a criança e o adolescente possibilitará que tenham mais saúde física e também disposição para brincar, criar, aprender e interagir nos seus espaços sociais. Essa atenção e cuidados por parte dos adultos possibilitam que se desenvolvam e tenham um espírito sadio e equilíbrio num corpo saudável.

Jornal A Tribuna do Vale


Imagens

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 


Tráfico de Drogas

22 Fevereiro 2020 08:15:00

Santa Terezinha

22 Fevereiro 2020 08:08:30

Santa Terezinha

22 Fevereiro 2020 08:08:00


PUBLICIDADE

O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|