Confirmada a quinta morte de macaco por febre amarela em SC

Em 2019, duas pessoas morreram vítimas da doença, segundo dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado

Quatro macacos foram encontrados mortos, desde abril, vítimas de febre amarela - Arquivo/ND


Quatro macacos foram encontrados mortos, desde abril, vítimas de febre amarela - Arquivo/ND

O macaco-prego encontrado morto no dia 14 de julho, em uma estrada em Joinville, estava contaminado com o vírus da febre amarela. A confirmação foi divulgada pela Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) nesta quarta-feira (14). Trata-se da quinta morte de macaco por febre amarela no Estado.

O animal foi localizado no bairro Vila Nova, por um ciclista, que avisou as autoridades. Após os exames, foi constatada a causa da morte.

A Dive orienta que a população procure os postos de saúde para se vacinar. A dose é fornecida gratuitamente e protege por toda a vida. As pessoas podem ser imunizadas a partir dos nove meses.

Em 2019, duas pessoas morreram vítimas de febre amarela, segundo dados da Diretoria. As vítimas foram um homem de 40 anos, morador de Itaiópolis, e outro, de 36 anos, morador de Joinville, que não havia se vacinado.

No começo de abril, a Dive também confirmou a primeira morte de macaco por febre amarela no Estado. O bugio foi encontrado morto no dia 20 de março, em uma área de mata no município de Garuva. O registro do segundo macaco morto pela doença aconteceu em junho, no bairro Pirabeiraba, em Joinville. O terceiro, foi registrado no final de maio em Indaial, e o quarto, em Jaraguá do Sul, no início de agosto.

ND

Imagens

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 




PUBLICIDADE

O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|