Projeto arquitetônico é concluído em Taió

Está é a primeira etapa da revitalização da Ponte Roberto Machado, que ainda não tem data de início

Foto: Divulgação


Foto: Divulgação

Pouco mais de um ano após o tombamento da Ponte Roberto Machado, um dos principais patrimônios históricos de Taió, o projeto arquitetônico de revitalização foi concluído e entregue nesta segunda-feira (29) ao Município, pela Câmara Técnica de Turismo do Desenvolvimento Econômico Local (Del). Este foi o primeiro passo para a realização da obra, que ainda não tem data para acontecer, já que ainda será preciso fazer um projeto estrutural e conseguir recursos para a revitalização.

O Projeto foi desenvolvido pelo arquiteto e urbanista, especialista em projetos de História da Arquitetura e Desenho Técnico, professor Frank Dieter Schulze, Carolina Luz e equipe e agora, o setor de Planejamento da Prefeitura de Taió vai elaborar o projeto estrutural.

Ainda não há data para a revitalização e não há um valor para a realização da obra, no entanto, uma estimativa feita em 2018, apontava investimentos de cerca de R$ 1,5 milhão. De acordo com o prefeito de Taió, Almir Reni Guski, essa fase de captação de recursos será uma das mais difíceis, já que a recuperação de patrimônios históricos costumam envolver uma demanda alta de recursos. "A entrega do projeto arquitetônico foi importante, agora temos outras etapas desafiadoras, entre elas está a captação de recursos. As emendas voluntárias estão muito difíceis, agora temos que buscar deputados que se interessem por colocar emendas nesse projeto".

Sobre o tombamento

O processo de tombamento da ponte já vinha sendo estudado e incentivado ao Executivo pela Câmara Técnica do Turismo pelos professores Fiorelo Zanella, Carolina Marchiori e Frank Dieter Schulze, pela secretária Executiva do Programa de Desenvolvimento Econômico Local, Marina do Nascimento, pela diretora do Museu Paleo-Arqueológico e Histórico Prefeito Bertoldo Jacobsen, Marina Peicher, além de muitos voluntários. Várias reuniões e conversas sobre o assunto foram tratadas desde o último ano, e resultaram no tombamento do patrimônio histórico municipal em fevereiro de 2018.

Hoje Taió conta com mais um patrimônio tombado que é a Casa da Cultura Adele Glatz, localizada na rua José Schweitzer, no bairro Seminário, mas atualmente não possui ainda nenhum projeto de revitalização.

Ponte Roberto Machado

A Ponte Roberto Machado foi concluída e inaugurada no ano de 1953. Recebeu este nome em homenagem ao então prefeito de Rio do Sul, município que Taió pertenceu até 30 de dezembro de 1948. Na época, a ponte ligava o município de Taió à Ribeirão Grande, que atualmente é o município de Salete. Ela foi construída com treliças e madeiras nobres. Existem apenas mais duas nesse estilo em Santa Catarina: uma na localidade de Encano em Indaial e outra em Joinville na localidade Estrada do Queriri.

Com o tempo, a estrutura não resistiu ao crescente fluxo de veículos e começou a ruir. Uma das cabeceiras cedeu e a outra foi desmontada em 1994. Hoje somente a parte central permanece.

O projeto quer trazer para o espaço também a realização de eventos, feiras, venda de artesanatos, mercado das pulgas, exposições, lançamentos de livros, e ensaios fotográficos. Também a inclusão de uma lanchonete/quiosque na parte externa e a adequação de acesso à ponte com inclusão de ciclovia. Atualmente a ponte Roberto Machado está desativada.

Elisiane Maciel

Imagens

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 




PUBLICIDADE

O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|