Siga nossas redes

Editorial

Editorial: Então, é Natal?

Então bom Natal, e um ano novo também! Que seja feliz quem, souber o que é o bem!

Já é tradição: todo ano o Natal vai chegando, e com ele, as canções natalinas começam a ocupar um lugarzinho bem relevante pelas rádios e até pelas ruas em comércios da cidade. Aí, pronto! O clima natalino está instalado. Então é Natal, mas e aí, o que você fez? Nesse ano tão conturbado em que as "máscaras caíram", ao invés de ficar no rosto das pessoas, aprendemos muito. O problema, é que podemos ter ensinado pouco.

Com a impossibilidade de lotação de templos, as comemorações natalinas ficaram estranhas para as famílias cristãs. Nossa região é composta por uma população majoritariamente cristã e acostumada a celebrar o nascimento de Cristo nas igrejas, sejam elas evangélicas, católicas ou de outra denominação religiosa. Em muitas delas, boa parte da lotação é feita por pessoas de mais idade. Justamente essas pessoas estão presas em suas residências por consciência própria ou a mando da família. Com ou sem Coronavírus, muitas famílias não se reunirão nesse 24 ou 25 de dezembro. Para muitos, será o último Natal nesse plano espiritual. Por isso, as festas natalinas de 2019 podem ter sido as últimas do abraço entre um vovô e um neto, ou de um pai em um filho.

Por mais que alguns achem a Páscoa a data mais importante do calendário cristão, pois Jesus ressuscitou para nos salvar, se ele não tivesse nascido, nada disso seria possível. O Natal é sim a data mais reflexiva e importante do nosso calendário. A cada ano que se passa, a manjedoura fica mais frágil e o trenó fica mais forte. Boa parte das crianças, adolescentes e até dos adultos, nem sabem mais o real motivo do Natal. Natal nem parece mais Natal. Hoje em dia, o filho pensa se vale a pena viajar 300km para ver os pais. Por maior que seja o conforto do carro e por mais gelado que possa ser o ar-condicionado do veículo, prefere se sentar no sofá de casa e beber sua cerveja tranquilo, dando alguma desculpa esfarrapada de trabalho através de uma videochamada.

Temos dever, como cristãos, de fazer o Natal voltar a ser Natal. De deixar a disputa sobre quem se deu melhor durante o ano e quem deu o presente mais caro para o filho, para ensinar as novas gerações sobre a beleza e a importância dessa data. Ensinar cânticos, contar histórias e curtir o real significado do Natal é uma bênção na vida de quem aprende de verdade o que se comemora nessa data. Jesus nasceu para nos dar a vida. É a história mais linda que alguém pode contar e ouvir. Portanto, nosso desejo é que com todos os protocolos de segurança sendo tomados, todos possam estar juntos de algum jeito nesse Natal. Que o Natal dos presentes, vire o Natal de viver o presente momento na companhia de quem amamos.

Então bom Natal, e um ano novo também! Que seja feliz quem, souber o que é o bem!



O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|