Faces da edição

09 Abril 2018 08:38:24

JATV

Colheita do arroz

Como deve se sentir o produtor de arroz que em pleno período de colheita, onde há vários dias realiza um árduo trabalho, isso, depois de meses pedindo a Deus um clima favorável para que sua safra seja próspera em quantidade e qualidade, e recebe a notícia que o valor da saca está longe de ser bom?

Durante o ano de 2017, só houve queda no valor da saca de 50 quilos de arroz, que passou de R$ 46 para R$ 33. A safra 2018 está sendo colhida, mas há ainda muito estoque da safra passada.

Acredita-se que não é difícil entender o desânimo dos rizicultores, pois esse valor médio da saca apresentado para a safra atual, de 33 reais, é praticamente igual ao valor pago na safra de 2004. Isso mesmo! No ano de 2004, conforme informa o site agrolink.com.br, o preço da saca no mês de abril daquele ano era 32,9675 reais, para o estado de Santa Catarina. Só para se ter uma base, no mesmo ano, em 2004, o salário do brasileiro era de 260 reais, hoje é de 954 reais, ou seja, de lá para cá sofreu um reajuste de quase 300% e da mesma forma é considerado inadequado para custo de vida de uma família brasileira. Enquanto o valor do arroz retrocedeu.

'Passagem'

A páscoa, que tem como significado 'passagem', passou. Ficaram os tradicionais ovos de chocolate, que por dias enfeitam algum espaço da casa, e se a casa é da querida vovó a durabilidade deles é bem maior, claro, até que um netinho não chegue para uma visitinha! Afirmativa errada. Neste ano os ovos não foram tão desejados e conforme alguns comerciantes pontuaram, em reportagem ao JATV, a tendência dos tradicionais e queridinhos das crianças é diminuir mais ainda, ano após ano.

Todo período de lutas e dificuldades têm peso de experiências e ensinamentos, bons ou ruins, e a crise financeira/política que o brasileiro ainda enfrenta tem deixado muitos brasileirinhos mais sábios e espertos. Trazendo para o contexto pascal, os consumidores, especialmente neste ano, valorizaram o produto final. Os ovos de páscoa, a maioria, são simbólicos, bonitos, enchem os olhos, mas pelo custo oferecem pouco. Rejeitados por custar mais e oferecer menos, estão sendo substituídos por outros produtos, como barras de chocolate e caixas de bombom.



colunas

Luiz Carlos Prates


Apóstolos Olímpio e Iracema




O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|