Editorial

Superação e Hospital

Que tipo de anjos queremos ser? Um anjo como o Pe. Cornélius, ou um anjo como os que cancelaram a ajuda ao hospital por causa da política?

Tribuna do Vale
Editorial.jpg

Superação

Para realizar nossas metas precisamos vencer vários tipos de obstáculos que a vida nos impõe. Barreiras como falta de dinheiro, falta de tempo, excesso de estresse, entre outras dificuldades que põem à prova a nossa força de vontade e nos fazem dar ainda mais valor às nossas conquistas.

Dificilmente algo que não demandou suor e empenho gerará prazer igual à conquista de algo que nos deixou diversas noites sem dormir.

Portanto, busque ver nas barreiras impostas pela vida algo que lhe fortalecerá e transformará a realização de seus sonhos em algo ainda mais especial. Olhar para trás e enxergar um trajetória aberta em meio às dificuldades faz da sua conquista algo admirável e prazeroso.

Os medíocres, aqueles que fazem apenas o que é comum e corriqueiro, têm imensa dificuldade em enxergar que por trás de toda dificuldade há uma oportunidade única.

Portanto, encare as barreiras da vida com muita fé, bom ânimo e determinação. São elas que fazem com que objetivos maiores sejam alcançados apenas por aqueles que têm disposição e energia para enfrentar o caminho das pedras. São elas que fazem aflorar os verdadeiros campeões.

É desta forma, como as expressões das frases acima, que a equipe do JATV abordou, prazerosamente, uma mulher que contou um pouco dos seus últimos sete meses de vida. Uma mulher iluminada. Mas não porque ela tem todos os motivos da vida para estar iluminada. Iluminada, porque ela escolheu iluminar a si própria e aos outros que a rodeiam. Pois motivos, ela teria alguns, ou muitos para se deixar ofuscar, mas escolheu iluminar. 

Conheça-a nesta edição e siga o seu exemplo de fé e garra. Escolha ser vencedor! Tenha confiança e siga em frente. Faça valer a sua determinação, acima de todos os medos e dúvidas que tentam assombrá-lo.

O Hospital

Ah, o hospital. Ouve-se um clamor. Um clamor da população riocampense que transpassa dias, meses e anos, sempre esperando por ajuda. Mas é uma ajuda que não cai do céu. Vem de anjos na terra. De pessoas angelicais que permitem-se serem tocadas pelo anjo maior, que está no céu. No entanto, existem anjos caídos. Os anjos do mal, da indiferença, da disputa, da vingança. E destes nenhuma ajuda procede.

Que tipo de anjos queremos ser? Um anjo como o Pe. Cornélius, ou um anjo como os que cancelaram a ajuda ao hospital por causa da política? 


colunas

Luiz Carlos Prates


Apóstolos Olímpio e Iracema




O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|