Coluna do Prates

 

A corda está pronta

Mesmo que fosse possível dentro da lei - e era possível - tenho muito nojo de uma pessoa que diz o que disse uma mulher dia destes num dos nossos jornais.

Ela disse que trabalha desde os 14 anos e que esperava se aposentar aos 39, com 25 anos de "contribuições". E completou dizendo que era possível essa aposentadoria com 25 anos de serviços. E eu lhe digo: E foi por isso, "senhora", que a Previdência quebrou, não há como pagar gente jovem, isto é, com menos de 70 anos, aposentadorias que vão ferrar com a sociedade como um todo.

A Previdência, como está, tem as horas contadas, quebrada vai deixar na mão milhões de brasileiros que já se aposentaram no passado mas que não vão ter de onde receber, não vai sobrar dinheiro em caixa. Ou a reforma imediata, drástica, ou todos vão perder. O indolente que pensa em se aposentar cedo, pleno de saúde, precisa levar um safanão de alguém dentro da família, não posso crer que todos sejam vadios. Só o que faltava, a mulher queria se aposentar aos 39 anos...

Precisamos educar os jovens para a bem-aventurança que é o trabalho e, mais que tudo, dizer às filhas que casamento não é emprego, sem essa de que "ele é rico"... Sem essa, isso é para mulher... (palavrão que me nego a dizer). Mas é por aí...

A mulher tem que trabalhar sempre, ser independente, mesmo que o cara nade em dinheiro, a mulher precisa se fazer respeitar pela sua independência. Ademais, ninguém sabe do dia de amanhã, isso sem falar que os machinhos sabem quando a mulher depende totalmente deles, se aproveitam e fazem o que querem. Eles dizem que não, mas sei bem...

Outra coisa. É preciso que gostemos de algum trabalho, que não o vejamos apenas como modo de ganhar sustento, tem que ser um tipo especial de prazer, de paixão mesmo. E assim, com certeza, vamos trabalhar até tarde na vida, enquanto tivermos plena saúde. Deixar de trabalhar antes disso é... (outro palavrão)...

A coisa está feia, preta mesmo, vai ficar pior, segundo os indicadores econômicos, e não foi o Temer quem criou esse inferno, você sabe bem quem foi... E eles ainda estão soltos, por enquanto. 2017 chega com a "corda" que lhes está sendo preparada. "Ele" não vai escapar. De um modo ou de outro, façamos a nossa parte, sem gemidos nem aposentadorias vadias.

PACIÊNCIA

Algumas pessoas são muito engraçadas. Na verdade, safadas. Acabei de ver na televisão um sujeito que dormiu numa calçada para não perder ofertas de uma loja dessas de Black Friday. Esse mesmo camarada vai reclamar daqui a alguns dias de ter que ficar numa fila por algumas poucas horas para matricular o filho na escola. Ou então esperar por duas horas por um atendimento num posto de saúde. Ordinário.

SORRISOS

Você já notou que as modelos na passarela não sorriem. Por quê? Porque o sorriso aberto, largado, revela vulgaridade, e os produtos anunciados por elas exigem sobriedade. Dá mais charme e valor ao produto. E nós somos "produtos", produtos humanos/sociais, daí que os sorrisos sem graça, forçados, que vejo em muitas fotos sociais revelam personalidade. Quase sempre delas. Cuidado, gurias, com o sorriso largado e fácil nos encontros sociais.

FALTA DIZER

O que é que salva uma pessoa, que a faz bonita, linda mesmo? O caráter, os valores morais da personalidade. Todos temos caráter, o diacho é tê-lo bom. Os casamentos só valem a pena com os nobres do caráter. Achá-los? Sim, existem agulhas em palheiros.



colunas

Luiz Carlos Prates


Apóstolos Olímpio e Iracema




O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|