Coluna do Prates

 

Medrosos de plantão

05 Dezembro 2016 11:05:11

No passado se costumava dizer que a espera pela consulta ao dentista doía mais que a própria consulta. Claro, isso não vale mais, ir ao dentista hoje não dói mais, acabou a dor na cadeira dos dentistas. Mas ainda temos esse tipo de “dor” antecipada por algo que não temos a menor certeza se vai ou não acontecer, doer, nossa cabeça é que produz a dor... Vale para tudo, além disso, quem não sabe que “Quem tem medo se enterra vivo”? O medo nos tira o sal do arroz da vida. E em sentido contrário, quando não há dor mas sim a espera do prazer, criamos a frase que diz que – esperar pela festa é melhor do que a própria festa. Faz sentido. Antes de uma festa imaginamos que nos vamos divertir muito, afinal, ninguém sai de casa para ir a uma festa esperando pelo pior? Enfim, o medo, a dor, a alegria, a preocupação, o sofrimento, tudo depende do nosso modo de pensar... E digo isso com os olhos sobre um texto que está a minha frente. Diz assim: - “Nenhuma profecia catastrófica acaba se revelando verdadeira. Sempre haverá uma dose de exagero envolvida, produzida pelo medo”... Curar-se de uma doença, por exemplo, envolve os positivos da mente, sem fé o sujeito não cura uma espinha na ponta do nariz, nada. E o que é a fé senão um pensamento positivo? Ademais, e você sabe disso, a predisposição altera a percepção. Se estou predisposto a ver fantasma, quando apago a luz do quarto vejo um deles ali, num canto... Roxo de medo, acendo a luz e... o fantasma era um casaco pendurado num prego da parede... Eu estava vendo o que “queria” ver, o que o meu medo queria ver... Mas é bom não deixar passar o momento e lembrar que o medo é o melhor preservativo da saúde, da felicidade e da vida. Para não perder alguém, respeito esse alguém, o medo me faz respeitar, o medo e o amor... E assim com tudo. O medo que não faz bem é o inútil, o patológico, o que resulta das nossas graves inseguranças. E insegurança passa pelo funil da autoestima, quem não a tem saudável, babaus, será um medroso de plantão 24 horas... - Ah, o texto a que aludi estava no meu horóscopo. IDIOTA Aconteceu dia destes em São Paulo. Pode acontecer em qualquer cidade. Um pai foi a um jogo do Campeonato Nacional e levou a filha de 7 anos com o rosto todo pintado com as cores do clube “dele”. Um policial barrou a entrada da guria, não pode, ninguém pode entrar num estádio com o rosto coberto, difícil de ser identificado, mesmo que seja uma criança. Deu um bafafá. O policial ouviu de tudo, e estava apenas fazendo cumprir a lei, a culpa era do pai estúpido. Gentinha fora-da- lei costuma sempre criticar a polícia. Borracha... BOTÃO Já existe em algumas cidades o Botão do Pânico, um dispositivo eletrônico que visa à segurança de mulheres ameaçadas por seus ex-maridos ou quem for. Pode também ser um aplicativo no celular, o sujeito se aproxima, a mulher aperta o botão ou o aplicativo e logo será socorrida. Sugestão melhor. É a mulher conversar previamente com “três amigos especiais” para qualquer serviço de emergência. Daqueles “serviços”... É bem mais assustador para os machos impotentes e covardes que batem em mulher. FALTA DIZER Manchete: - “Lojas 24 horas voltam a ganhar força no Brasil”. Tudo isso porque os morcegos da insônia se multiplicam patologicamente. Cabeças severamente encucadas não costumam dormir... Mas sempre acham desculpas...


colunas

Luiz Carlos Prates


Apóstolos Olímpio e Iracema




O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|