capa coluna master mind.jpg

Você é Workaholic ou Worklover?

20 Junho 2016 17:13:29

 O fenômeno workaholic, ou como é chamado no Brasil, worcaholismo, é um fato que sempre existiu, porém só ultimamente ganhou uma atenção maior, devido a alta competitividade ou necessidade das pessoas provarem algo para alguém ou a si mesmos. 

 Mas o quanto vale a penaser workaholic? Se observarmos pelo olhar da valorização que esses indivíduos dão pelo trabalho, pode até parecer belo, mas tudo isso se transforma numa doença com profundos efeitos colaterais. Todos nós conhecemos pessoas que são workaholics, pessoas que não conseguem se desligar do trabalho quando não estão trabalhando, que passam fi nais de semanas checando e-mails, indivíduos que levam trabalho para casa, vivem no celular em negociações, que fazem horas extras quase todos os dias, não estão presentes nosmomentos familiares, deixam de lado seus parceiros e fi lhose tornam-se amigos apenas das pessoas com quem convivem no ambiente de trabalho.ou a si mesmos.

 Essas pessoas são motivadas muitas vezes pelo medo de fracassar. Há também casos em que são impulsionadas pela competição no trabalho, obsessões por poder, realização profissional ou acreditam no trabalho como uma saída para os problemas familiares.

 Os workaholics estão mais passíveis a doenças causadas pelo trabalho em excesso, pois os viciados em trabalho serão os primeiros a apresentarem sintomas de estresse, fadiga, hipertensão, dores de cabeça, problemas de relacionamentos, ataques cardíacos; afetando visivelmente a qualidade de vida dessas pessoas.

 Entretanto, quando falamos sobre o assunto não podemos esquecer um tema muito em alta nos dias de hoje e que sempre é lembrado quando o assunto é workaholic, trata-se dos chamados worklovers. São pessoas que tratam diferentemente o trabalho e a vida fora dele. Trabalham tanto quanto os workaholics, porém, o trabalho é um grande prazer, e quando estão longe dele, vivem uma vida agradável junto de seus amigos e familiares, esquecendo nessa hora do trabalho.

 Os worklovers, como o próprio nome já diz, são apaixonados pelo trabalho, eles passam muitas horas do dia sem percebelr o tempo correr, e essa mesma satisfação se estende à vida pessoal. Se o trabalho vai mal, ele busca ajuda e soluções para os problemas e não se esconde atrás dos mesmos. Quando está sobrecarregado, encontra maneiras de priorizar as tarefas e abrir espaço na agenda para a vida pessoal.

 Devemos lembrar que um indivíduo que é worklover, e que passa por casos de muita pressão no trabalho e acaba adotando hábitos de um workaholic (abandona a vida pessoal), poderá com o tempo passar a ser um workaholic. Por isso, não só as pessoas, mas as organizações devem cuidar e prestar atenção nos sintomas para que isso não aconteça.

 Deve-se lembrar que, não são apenas os maiores cargos da empresa que são alvos do workaholismo, mas todas as pessoas que deixam de lado sua vida pessoal e começam a dedicar-se exclusivamente ao trabalho em busca de status profi ssional e encontrando nele, uma porta de escape para os problemas pessoais. E você diante de toda essa informação, conseguiu se identifi car?

 Um grande abraço e até a próxima...


colunas

Luiz Carlos Prates


Apóstolos Olímpio e Iracema


Padre Saule Dias



O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|