Salete
15 Fevereiro 2019 12:05:08
Autor: Educadora

Meliantes também amarraram sua mãe e seu irmão

$artigoImagemTitulo

Momento de terror. Assim pode ser definida a noite do Secretário de Agricultura e Meio Ambiente da cidade de Salete. Por volta das 20h30min dessa quinta-feira (14), Adenor de Moraes chegava em sua residência. 

Quando estava na varanda, avistou três homens. Dois de pele escura e um de pele clara. Os meliantes lhe agrediram violentamente com chutes e socos. Renalda, sua mãe, e Adilson, seu irmão, estavam dormindo na casa, e com o barulho, foram verificar o que estava acontecendo.

Os meliantes levaram os três familiares para dentro da residência e lhes amarraram, tanto pelas mãos, quanto pelos pés.

Insistentemente, eles pediam R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) e os ameaçavam de morte com um revólver e também com uma faca. Inclusive, eles diziam que mataria a filha de Adenor, que mora em Toledo/PR.

Adenor disse aos meliantes que não tinha esse valor em mãos, apenas no banco. Pedia pra que os bandidos levassem os bens, mas não os machucasse ainda mais.

Foram levados diversos itens da casa: Televisão, um Ônix branco de placa PXW-4304 de Salete, uma mala com roupas, além de uma bolsa. Por estarem amarrados, não viram pra qual direção os bandidos fugiram.

Após a chegada da PM, os feridos foram conduzidos ao Hospital Santa Terezinha, de Salete. Qualquer informação pode ser repassada ao 190.


política
15 Fevereiro 2019 10:50:00
Autor: Andréa Leonora / Douglas Rossi

Em entrevista exclusiva para a rede de veículos Adjori/SC e ADI/SC, o ex-governador confirma que desistiu da presidência da Executiva estadual e prevê que haverá um movimento de desfiliação se não houver mudanças na direção nacional do partido

$artigoImagemTitulo

O ex-governador Eduardo Moreira confirmou ter desistido de colocar seu nome para a presidência do MDB catarinense. Ele expressou a vontade de mais uma vez presidir o partido já no ano passado, mas condicionando a um consenso, ou seja, sem disputa entre chapas ou nomes. Entretanto, a partir do próximo sábado estará em viagem de lazer e estudos com sua esposa, Nicole, e ficará dois meses fora do país. Algo desaconselhável para o momento vivido pelo partido. "Sou médico cardiologista. Existem dois tipos de doenças: a crônica, que você pode deixar para tratar na semana seguinte, e a aguda, que exige intervenção imediata", comparou. Com sua desistência, Moreira aponta consenso em torno do nome do senador Dário Berger na convenção do MDB-SC, inicialmente prevista para maio. 

Moreira admitiu que o racha na bancada do partido na Assembleia Legislativa caracteriza crise aguda, diagnóstico que deu já na segunda-feira em reunião com lideranças emedebistas, inclusive o presidente, ex-deputado federal Mauro Mariani. Referindo-se aos companheiros de partido, o ex-governador disse que "eles andaram se mexendo".

"O MDB está meio dividido mesmo. Não só na Assembleia. E eu não quero estimular isso. É momento de submergir, acalmar as questões localizadas. Os mais antigos devem se envolver e é o que estou fazendo". Por várias vezes presidente do partido no Estado, único no qual esteve filiado, Eduardo Moreira não acredita na saída de Cobalchini e Sopelsa para outra agremiação, como vem sendo aventado. Ele acha que erros evitáveis, como falta de diálogo, levaram à situação. "O Cobalchini se achava, entre aspas, credor de uma atenção especial do partido. O Mauro de Nadal se achava, entre aspas, em condições de ser o presidente da Assembleia, assim como o Sopelsa. Pretensões legítimas pelo histórico de cada um. Todos têm méritos. Mas a disputa interna expôs o enfraquecimento do MDB", concluiu.

Ao perceber essa divisão, o deputado Julio Garcia (PSD) "juntou os cacos do MDB" e procurou o bloco dos sete, com mais votos. "O Julio trouxe os nossos sete, pacificou o próprio partido, que tinha brigas internas até piores, e chegou à presidência da Assembleia. Agora é hora de reorganizar. Acredito na reconciliação dos nossos deputados".

Para agitar um pouco mais as linhas emedebistas, Mariani está para se licenciar da presidência, sem prazo definido para voltar. Se é que volta. Isso coloca Valdir Cobalchini no comando do partido, já que ele é o primeiro vice-presidente. A pergunta que fica é como ele exercerá o papel de conciliador se tem interesses diretos envolvidos na situação crítica da bancada?

"Tem que tirar esse time de Brasília" 

Eduardo Moreira não se limitou a analisar a situação do MDB estadual e fez críticas severas à Executiva nacional do partido. "Tem que tirar esse time de Brasília! Se ficar essa gente comandando o partido nacionalmente, Romero Jucá, Renan Calheiros, essa turma que está lá, vai ser mais um desestímulo para trabalharmos aqui embaixo", disse, ao lembrar que já houve um movimento neste sentido, a partir do MDB-SC, e que agora está tomando mais corpo. A falta de consenso no Congresso Nacional demonstra isso.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) disputou internamente com o senador Renan Calheiros (MDB-AL) a indicação do MDB para a presidência do Senado. Entre os 12 votantes, cinco foram com a senadora, demonstrando a divisão. "Se é a Simone a nossa candidata, ela hoje seria a presidente do Senado e do Congresso Nacional. Uma mulher sem mácula, que nos garantiria posição importante. O Renan foi para a disputa, perdeu e deu no que deu", reclamou.

Outro exemplo foi a disputa pela liderança da bancada do MDB no Senado. O senador catarinense Dário Berger disputou o espaço, mas perdeu para Eduardo Braga (MDB-AM). "Essa turma lá de cima é difícil. Ninguém consegue romper as barreiras. Se a gente continuar sob o mesmo comando nacional, os emedebistas catarinenses têm que tomar uma posição radical, inclusive saindo do MDB. Há essa hipótese", afirmou o ex-governador. A saída não seria apenas de Eduardo Moreira, mas de um grupo. E provavelmente numeroso.

Já existe um partido de destino? Seria criada uma nova organização partidária?

Estas respostas Moreira ainda não tem. "Absolutamente não existe qualquer conversa neste sentido. Existe apenas o fato de que sermos conduzidos por esse mesmo time lá de Brasília não está certo." Para ele, a pecha de fisiologismo do MDB nacional se reflete e prejudica o MDB estadual. "Aqui nós não somos assim. Estávamos no governo anterior porque fomos eleitos para isso. No momento em que o governo mudou, continuaram apenas aqueles que têm destaques em suas carreiras públicas, caso do Leandro Lima, do Paulo Eli e do coronel Araújo Gomes", enumerou, citando, respectivamente, os secretários de Estado da Justiça e Cidadania e da Fazenda, além do comandante da Polícia Militar, que estavam em sua gestão e foram mantidos na atual.

O ex-governador acredita que o partido precisa apresentar posições mais firmes e sua expectativa é que a convenção nacional, que acontecerá antes da estadual, traga mudanças efetivas no comando do MDB. "Nosso limite é a convenção nacional. Não havendo mudanças na direção, certamente haverá um movimento de desfiliação do MDB. Esse sentimento não é só do MDB de Santa Catarina. Há um movimento forte, nacional, e que precisa ser liderado pela nossa bancada federal."

Neste ponto da conversa vieram alguns puxões de orelha. "Esse discurso que o Dário (Berger) fez aqui, de não participar do governo Moisés, tem que ser feito lá em Brasília também. Mas lá eles não fazem! O Osmar Terra é ministro (da Cidadania, MDB-RS) e o próprio Valdir Colatto está no governo (Serviço Florestal, MDB-SC). Um discurso lá, outro aqui... nós perdemos a eleição? Vamos para a oposição! Vamos reunir e unificar a bancada, analisar as propostas, votar de acordo com o que for importante, com posições firmes. E aqui em Santa Catarina deve ser da mesma forma."

Em um tom saudosista, Eduardo Moreira destacou que o MDB cresceu fazendo oposição à Arena, se colocando como opção para a população no período de bipartidarismo imposto pela ditadura civil-militar. Era, então, um partido com bandeiras - redemocratização, liberdade de imprensa, liberdade de reunião, Assembleia Constituinte. "Nós defendíamos causas! Quais bandeiras temos hoje? Temos que nos reinventar enquanto representação partidária e isso depende do comando nacional que, infelizmente, está nas mãos desses caras. Os mesmos que em 2010 me expulsaram do partido."

Moreira chegou a ser afastado do MDB-SC. A motivação foi a coligação com o DEM na primeira eleição de Raimundo Colombo. Ele só voltou depois de decisão da Justiça. "Quem trabalhou para a minha expulsão naquele momento foram o Moreira Franco, com voto do Michel Temer, do Renan Calheiros, do Eduardo Cunha... os mesmos que estão maculando a história do MDB."


Ninho do Urubu
15 Fevereiro 2019 08:40:00
Autor: Agência Brasil

Evento ocorreu antes da partida entre Flamengo e Fluminense

$artigoImagemTitulo

Uma noite de homenagens e muita emoção marcou o Flamengo X Fluminense hoje (14), no Maracanã. Muitos torcedores choraram quando o telão do estádio mostrou um dos camarotes. Lá estavam o menino Cauan Emanuel, um dos sobreviventes do incêndio que destruiu o alojamento do Centro de Treinamento George Helal, o Ninho do Urubu. Emocionado, o menino não parou de chorar. Junto a Cauan e a seus familiares estava Andreia Cândido, mãe do goleiro Christian Esmerio Cândido, um dos dez garotos mortos no incêndio, que também não conseguia conter as lágrimas.

Com a torcida entoando cânticos em homenagem aos "Garotos do Ninho", um grupo de garotos ocupou o círculo central do gramado, onde, ao centro, era exibida uma faixa com os dizeres "aos meninos do ninho, nossas orações". Após um minuto de silêncio, o grupo soltou os balões de gás Hélio que subiram ao céu.

Na beiradas das arquibancadas, ao redor do gramado, dez bandeiras exibiam fotografias dos meninos mortos.

Os times entraram em campo de luto. Cada jogador do Fluminense tinha uma faixa preta no braço esquerdo. Os do Flamengo entraram em campo com a camisa rubro negra e, abaixo do número de cada jogador, o nome de um dos atletas mortos. O time entrou de short preto, quando o uniforme oficial é o branco.

A torcida do Fluminense homenageou a do rival cantando a música "a bênção João de Deus", que o clube adotou como canto após a visita do Papa João Paulo II ao Brasil, em 1981.


luto
14 Fevereiro 2019 14:21:23

$artigoImagemTitulo

A Prefeitura de Santa Terezinha manifesta o mais profundo pesar, pelo falecimento de Richard Eluan Stopa, de apenas 12 anos de idade, filho do Secretário Municipal da Administração, Edivar Stopa. Nesse momento de dor a Administração Municipal, se solidariza com todos os familiares e amigos e manifesta a mais sinceras condolências pela perda. Santa Terezinha, 14 de fevereiro de 2019.

Valquíria Schwarz, Prefeita Municipal


Taió
14 Fevereiro 2019 09:38:00
Autor: educadora

$artigoImagemTitulo

A Polícia Militar e os Bombeiros de Taió, foram acionados por volta das 16h dessa quarta-feira (13) para atender a um acidente de trânsito.

A primeira informação, indicava que um homem teria caído de moto em uma estrada nas proximidades do Parque Aquático Lange.

Chegando ao local, constataram o óbito do condutor Giovani Verdi (44) que estava caído ao lado da via.

Não se tem a informação se o que lhe vitimou foi a queda da moto, ou se ele teria passado mal antes da queda. Porém, o relato dos Bombeiros para a Polícia Civil, há a possibilidade da causa da morte ter sido um infarto.


A Funerária Cristofolini divulgou mais detalhes sobre o velório de Giovani Verdi (44), mais conhecido por Vaninho, que foi encontrado sem vida nessa quarta-feira (13) em Taió.

O velório está sendo realizado no Centro Comunitário Boa Vista, em Pouso Redondo. Já o sepultamento será nesta quinta-feira (14) às 16h no Cemitério Municipal de Pouso Redondo.


clima
14 Fevereiro 2019 08:03:09

$artigoImagemTitulo

AVISO METEOROLÓGICO


Atenção: chuva persistente moderada a forte

  Início: 15/02/2019, às 08:00 h 

Fim: 16/02/2019, às 06:00 h

Regiões: Litoral, Florianópolis Serrana, Planalto Sul e Vale do Itajaí. 

Previsão: chuva persistente, moderada a forte em alguns momentos, começando pelo Planalto Sul e Litoral Sul, atingindo o restante do Litoral, Florianópolis Serrana e Vale do Itajaí no decorrer da sexta-feira (15/02). O acumulado de chuva é de 50 a 80 mm em média, com pontuais que podem superar 100 mm.

 Sistema: baixa pressão influenciando SC.


solidariedade
14 Fevereiro 2019 07:48:00

$artigoImagemTitulo

O Vasco homenageará o Flamengo após a tragédia no Ninho do Urubu, que deixou 10 mortos, e também as sete vítimas dos temporais que na semana passada devastaram Rocinha e Vidigal com referências na camisa que utilizará nesta quarta-feira, contra o Resende, às 21h30, no Maracanã.

 

Bandeira do arquirrival é estampada no uniforme cruz-maltino entre escudo do clube e do fornecedor de material esportivo. Nas costas, há a inscrição SOS Vidigal e Rocinha

 

O duelo é válido pela semifinal da Taça Rio. O Cruz-Maltino tem vantagem do empate para avançar à decisão do turno.

 

Pela outra semifinal da Taça Guanabara, Flamengo e Fluminense se enfrentam nesta quinta-feira, também no Maracanã. Os jogos foram transferidos para o meio da semana por conta da tragédia do Ninho do Urubu.

 

A final do turno será disputada no domingo, no Maracanã.

 

O Vasco postou a homenagem em suas redes sociais, e o Flamengo agradeceu. Confira as manifestações abaixo:

 


política
13 Fevereiro 2019 16:10:00
Autor: Agência Brasil

$artigoImagemTitulo

O presidente Jair Bolsonaro chegou na tarde de hoje (13) a Brasília. Os médicos do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde Bolsonaro passou 17 dias internado, recomendaram repouso. Desta forma, nos próximos dias, o presidente irá despachar do Palácio da Alvorada, residência oficial.

Bolsonaro será acompanhado pela equipe médica da Presidência, que conta com enfermeiros e fisioterapeutas. O presidente estava internado desde o dia 27 de janeiro, quando passou por uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal.

Durante o período de internação, o presidente foi diagnosticado com pneumonia que, de acordo com o último boletim médico, possivelmente decorreu de microaspiração de conteúdo gástrico. Ele recebeu alta na manhã de hoje já com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, sem febre, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral.

De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, Bolsonaro deve se debruçar sobre o projeto da reforma da Previdência, que deve ser enviado ao Congresso, nos próximos dias.


Tráfego liberado
13 Fevereiro 2019 15:02:00
Autor: Secom

O secretário em exercício da Defesa Civil estadual, Diogo Bahia Losso, vistoriou o trecho e constatou as melhorias na sinalização e na pista

$artigoImagemTitulo

Um mês depois de ser interditado preventivamente pela Defesa Civil de Santa Catarina, o tráfego de veículos e caminhões de pequeno porte foi liberado na Serra do Corvo Branco na manhã desta quarta-feira, 13. O secretário em exercício da Defesa Civil estadual, Diogo Bahia Losso, vistoriou o trecho e constatou as melhorias na sinalização e na pista, realizadas pelo Deinfra, que possibilitaram a reabertura da estrada (SC-370).

A comunicação da reabertura foi feita em um encontro no topo da Serra com os prefeitos de Grão-Pará, Ademir Bonetti, e de Urubici, Antonio Zilli. Também participaram da reunião o capitão Fabiano Marques, da Polícia Militar Rodoviária, e o engenheiro Carlos Augusto Rogério, do Deinfra.


trânsito
13 Fevereiro 2019 13:33:00
Autor: g1 sc

$artigoImagemTitulo

Um acidente deixou dois homens mortos na madrugada desta quarta-feira (13) em São José, na Grande Florianópolis. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma caminhonete capotou na marginal da BR-101, na região do bairro Forquilhinhas, por volta da 1h.

Segundo as primeiras informações da PRF, o motorista, de 34 anos, perdeu o controle da direção da caminhonete, com placas de Palhoça, e capotou. Ele e o passageiro não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

Ainda de acordo com a PRF, uma perícia foi feita para investigar as causas do acidente e o trânsito próximo do Km 208 no sentido Norte registrou lentidão no início desta manhã.


Esporte
13 Fevereiro 2019 09:58:53

$artigoImagemTitulo

Audax goleia e Santo Antônio vence de virada

Dois jogos abriram a primeira rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo.

Na tarde deste feriado (12), quatro equipes entraram em campo em rodada válida pela primeira rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo em Taió.

No primeiro jogo da tarde, o Audax venceu o Juventude por 4x1. No jogo seguinte, o Santo Antônio venceu por virada a equipe do Atlético Nacional por 2x1.

O restante da rodada acontecerá no próximo final de semana, no sábado e domingo.

Por Maurício Samp

Fotos Maurício Samp


Santa Catarina
13 Fevereiro 2019 08:51:00

$artigoImagemTitulo


Agronegócio catarinense inicia 2019 com crescimento nos embarques de carne suína e de frango. O estado, que responde por boa parte das exportações nacionais desses produtos, amplia a participação em mercados importantes e tem boas perspectivas para o restante do ano. Santa Catarina é o maior produtor de suínos do Brasil e o segundo maior produtor de carne de frango, seu status sanitário diferenciado garante o acesso aos mercados mais competitivos do mundo. 

  Segundo o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Ricardo de Gouvêa, o agronegócio entra em 2019 com boas perspectivas de crescimento. "Esperamos retomar a credibilidade do agronegócio brasileiro junto a alguns países e até blocos de países, como é o caso da União Europeia. Além disso, esperamos ampliar nossos mercados, investindo em novos parceiros comerciais", ressalta. 

A carne de frango é o principal produto da pauta de exportações de Santa Catarina. No último ano o produto respondeu por 19,7% das exportações do estado, chegando a 135 países. Em janeiro de 2019, os embarques do produto geraram uma movimentação de US$ 125,7 milhões, com 72,8 mil toneladas vendidas para outros países - um aumento de, respectivamente, 4,8% e 4,6% em relação a janeiro de 2018. Os principais mercados foram Japão, Arábia Saudita e China.

Apesar de uma queda significativa nas exportações para o Japão, maior mercado para a carne de frango de Santa Catarina, o estado ampliou a participação em outros países. O faturamento com os embarques para Arábia Saudita aumentou em 29,8% e para a China aumentou 52,3% em relação ao mesmo mês de 2018.

Em janeiro, Santa Catarina respondeu por 26,5% de toda carne de frango exportada pelo Brasil. Ao todo, o país embarcou 274,5 mil toneladas do produto, faturando mais de US$ 445,4 milhões - uma queda de, respectivamente, 15,2% e 13,2% em comparação com janeiro de 2018.

Carne suína

Maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina exportou 25,5 mil toneladas do produto em janeiro, um aumento de 2,1% em relação ao mesmo período de 2018. As exportações de carne suína geraram receitas que passam de US$ 47,1 milhões.

Os principais mercados para carne suína catarinense são China, Chile e Hong Kong. Embora com uma queda significativa nas vendas para China e Hong Kong, o estado aumentou as vendas para o Chile, Uruguai e Angola, além da retomada das exportações para Rússia.

As vendas de carne suína devem apresentar um incremento ao longo do ano, causadas principalmente pela China. "A China passa por um momento delicado na produção de suínos, com a população de animais sendo dizimada pela peste suína africana. Isso deve ter reflexos nas exportações catarinenses", explica o secretário Ricardo de Gouvêa.

Em janeiro, Santa Catarina respondeu por 53% das exportações brasileiras de carne suína. O país embarcou 47,7 mil toneladas do produto, faturando mais de US$ 90,7 milhões.

Os números foram divulgados pelo Ministério da Economia e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa).

 


Chuvas
13 Fevereiro 2019 08:36:00
Autor: G1

Rede pública de ensino não vai funcionar, e algumas escolas particulares também não abrem. Volume registrado até as 7h é menor que o da tempestade da semana passada.

$artigoImagemTitulo

Chove forte na Região Metropolitana do Rio de Janeiro desde o fim da madrugada desta quarta-feira (13). Até as 4h10, os pontos da capital com maior volume eram Bangu, Guaratiba e Jacarepaguá, na Zona Oeste, e os bairros de São Cristóvão, Tijuca e Piedade, na Zona Norte, segundo informações do Centro de Operações Rio (COR). 

Os índices pluviométricos coletados até as 7h desta quarta eram inferiores aos registrados na chuva da semana passada: 

Volume de chuvas, em 24 horas

Bairro, dia 6 Volume, dia 6 Bairro, dia 13 Volume, dia 13 

Rocinha 165,6 mm São Cristóvão 67,6 mm

Vidigal 162,2 mm Alto da Boa Vista 63,2 mm

Barra 143,2 mm Tijuca 63

Fonte: Alerta Rio, dados das 7h

A capital fluminense segue em estágio de atenção - o segundo de uma escala de três. O regime especial de alerta vigora desde as 8h20 da última segunda-feira (4) e chegou ao nível máximo, o de crise, entre as 22h15 da própria quarta e as 10h30 de sábado (9). Desde então, a cidade não voltou ao estágio de normalidade. Na tempestade da semana passada, sete pessoas morreram.


Alagamentos

Às 8h, a cidade do Rio registrava bolsões d'água nos seguintes locais:


Avenida Brasil 

Sentido Zona Oeste, altura de Benfica; 

Pista Central, sentido Centro, altura de Vigário Geral.

Zona Norte

Rua Bela, altura do Campo de São Cristóvão; 

Rua Santo Sepulcro, em Madureira;

Zona Sul

Rua do Catete, altura da Rua Silveira Martins 

Praça Sibélius, sentido Túneis Acústico e Zuzu Angel

Av. Epitácio Pessoa, altura da Rua Vinícius de Morais

Rua Silveira Martins, no Flamengo

Centro

Rua da Praia, no Caju 

Av. Francisco Bicalho, sentido Centro, altura da Rua Francisco Eugênio

Zona Oeste

Av. Eng. Souza Filho, em Rio das Pedras 

Av Armando Lombardi, na altura do BarraPoint

Av. das Américas, sentido São Conrado, altura do Downtown

Estrada da Barra


Falta de luz 

Zona Sul: Jardim Botânico e Lagoa;

Zona Norte: Tijuca.

Queda de árvores

Rua Professor Gabizo 319, Maracanã

Rua Humaitá, sentido Jardim Botânico, no acesso ao Túnel Rebouças

Avenida Niemeyer: via segue interditada para a retirada de terra, pedras e árvores da chuva do último dia 6. O trânsito está liberado apenas para moradores e para hóspedes do hotel que fica na região.


Mobilidade

As linhas 1, 2 e 4 do metrô operavam normalmente às 5h30;

Barcas navegavam normalmente até as 6h;

Às 6h, a Estação São Francisco Xavier da SuperVia foi fechada, por causa de alagamentos, mas foi reaberta meia hora depois;

O VLT operava com restrições na Linha 2, circulando entre Praia Formosa e Saara;

O Rio Ônibus alerta que o itinerário dos ônibus que circulam pelo Rio pode ser alterado ao longo do dia por causa de possíveis desvios feitos pela CET-Rio.

Os aeroportos Internacional Tom Jobim e Santos Dumont operavam com auxílio de instrumentos no início da manhã. De acordo com o balcão de informações do Santos Dumont, dois voos da Avianca, com destino a São Paulo, estavam atrasados às 7h15;

Governo do estado e prefeitura suspendem aulas por causa de alerta de chuvas fortes

Aulas suspensas

Redes municipais: Rio, Belford Roxo, Japeri e Nova Iguaçu;

Rede estadual: em todos os 92 municípios.

Rede privada: algumas creches e escolas optaram por não abrir


Chegada da frente fria 

Pancadas de chuva começaram a cair na Região Serrana e em parte da Baixada Fluminense no fim da tarde de terça-feira (12). Na capital, por volta das 19h.

De acordo com o Climatempo, o avanço de uma frente fria pelo Oceano Atlântico causa áreas de instabilidade sobre o Estado do Rio de Janeiro e espalha nuvens carregadas. Há a previsão de chuva forte, mas não deve ser tão intensa como semana passada. A temperatura máxima prevista é de 27°C na Região Metropolitana. 

A prefeitura alertou para chuva forte nesta quarta-feira e faz algumas recomendações para a população. Uma das medidas anunciadas foi a suspensão das aulas nas escolas da rede municipal. O Governo do RJ também decidiu cancelar as aulas nas escolas de todo o RJ nesta quarta. 

O mar fica mais agitado no litoral fluminense, e a Marinha emitiu um aviso de ressaca de Paraty, na Costa Verde, até Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, com previsão de ondas de até 2,5 metros de altura, entre as 10h desta quarta e 10h de quinta (14).





entrevista da semana
12 Fevereiro 2019 14:26:00
Autor: JATV

$artigoImagemTitulo

O setor de Cultura e Turismo do município de Rio do Campo ganha reforço em 2019 com a nomeação do novo secretário da pasta, Balbino José de Andrade. A primeira reunião entre o novo Secretário e o Prefeito Rodrigo Preis ocorreu na manhã de segunda-feira (04), e contou com a presença do vice-prefeito, Alexandro Losi e a Secretária de Educação Andrea Giovana Leite Andreani.

Natural de Presidente Getúlio, Balbino foi morador de Ibirama por 37 anos. Em sua biografia carrega o grande envolvimento pela música e pela cultura. Andrade tem uma ampla experiência de trabalho no departamento de Cultura de Ibirama, onde executou vários projetos.

Entre a experiência de trabalho do novo Secretário destaca-se a musicalização nas escolas, a qual levou música para os alunos da rede municipal de Ibirama, onde também atuou como professor de música.

Balbino atuou também em vários corais da região ao lado do Maestro M.m de Simas, conhecido como um dos melhores maestros de Santa Catarina. Também teve participação ativa na criação da Banda Municipal de Ibirama, que atualmente faz muito sucesso.

Em Rio do Campo há oito anos, Balbino já realizou diversos trabalhos independentes de forma voluntária na área cultural dentro do município, como musicalização e técnica vocal. Além destes trabalhos promoveu o Festival da Canção 'Canta Rio do Campo'. Sua bagagem e experiência deve trazer grandes contribuições para o setor de Cultura e Turismo da cidade de Rio do Campo.

Na quarta-feira, dia 5, Balbino esteve na redação do JATV e concedeu uma entrevista. Acompanhe na sequência.

JATV: Qual o sentimento de ser o novo Secretário da Cultura e Turismo de Rio do Campo?

Balbino: É muito bom! Acredito que é reflexo do esforço que venho fazendo desde que vim para o município, em 2012, promovendo alguns eventos em parceria com amigos, como o Festival da Canção e algumas outras ações diferentes. Acredito também que mostrei meu apoio na realização da última Festa das Origens, que foi um sucesso devido ao esforço de todos. É muito bom ser reconhecido.

JATV: Como você defini seu estilo de trabalho?

Balbino: Não sou uma pessoa radical, de fazer mudanças. Vamos dar continuidade ao que está sendo bem feito, sou parceiro de todos, mas o que dá para melhorar, vamos melhorar com ideias novas que tenho. Vou ouvir muito, pois estou a pouco tempo no município e têm pessoas que há muito mais tempo estão pedindo e apelando por algo.

JATV: Atualmente a Festa das Origens é a maior manifestação cultural de Rio do Campo, tanto pelo número de pessoas envolvidas, como pelo número de pessoas que visitam o município para prestigiar o evento. Você, como novo secretário, tem algum projeto específico para implementar na Festa?

Balbino: A festa já teve algumas mudanças boas na última edição, em 2018. Toda parte artística da festa estava sob minha responsabilidade. Algumas ideias que apresentei deram ótimos resultados, a exemplo: o palco alternativo. A organização envolve muitas coisas, são muitos detalhes. Tivemos um contratempo no show nacional, mas, são questões que vamos consertar. Acredito que temos que melhorar sempre a cada ano e, em 2020, a próxima festa vai ser maior.

Temos algumas ideias para melhorar no parque, mas como falei: são ideias. Vou torcer para que até lá consigamos colocar tudo em ordem para que a festa seja maior e faça mais sucesso que a anterior.

JATV: O projeto musical que você integrou nas escolas irá continuar? Pretende ampliar?

Balbino: Hoje existe um projeto de música chamado 'Canta Rio do Campo' que acontece em todas as escolas municipais, já faço esse trabalho voluntário e darei continuidade, inclusive na rede estadual, onde o projeto acontece também. Mas o foco dos projetos é rede municipal, quero levar a música, a técnica vocal, a afinação, quero levar aula de violão para as crianças. Tenho uma ideia de levar aula de violão para o interior. Ao invés de o aluno vir ao centro, o professor vai até o interior, mesmo em locais de mais difícil acesso. Tudo isso já está dentro de uma pauta que conversei com o prefeito.

JATV: O que os munícipes podem esperar do secretário Balbino?

Balbino: Muita dedicação, muito empenho e vontade de fazer. Como citei, já fiz muitas coisas voluntariamente, imagina agora tendo o apoio da administração, deixando bem claro que o secretário sozinho não faz nada, vou precisar do apoio da administração, dos vereadores e de todas as pessoas que possam auxiliar. Empenho e força de vontade tenho de sobra.

JATV: Esse é um cargo comissionado, por indicação política, quem o indicou? Através de qual partido?

Balbino: O convite chegou até mim através do vice-prefeito, Alex Losi (MDB). Ele falou da necessidade. Disse que precisavam dar um gás nesses dois setores de cultura e turismo, e que eu seria o nome indicado. Mencionou também que a população está cobrando bastante sobre eventos culturais e cobrando sobre os lugares bonitos que Rio do Campo tem e não são explorados, neste sentido vamos fazer uma caminhada ecológica para encontrar esses locais. Aceitei o convite para que possamos dar continuidade e fazer muito mais no setor, o qual já conheço.

JATV: Sua aceitação para o cargo concretiza a parceria com a coligação PT, PSDB, MDB e PR que compõem a coligação da atual administração?

Balbino: Para o vice-prefeito, na ocasião do convite para o cargo, eu disse: "Vamos fazer um namoro e nos conhecer, nada melhor do que a gente se conhecer, me deem espaço e oportunidade para trabalhar que tenho certeza absoluta, um criando confiança no outro, estarei sempre do lado certo, do lado de quem me dáuma oportunidade e me deixa trabalhar".

Não vejo nenhum problema de um dia isso se transformar, quem sabe, em uma parceria política, mas, só o tempo irá dizer, porque na primeira conversa que a gente teve foi simplesmente: "vai trabalhar, faça sua parte, vamos dar o suporte a você". E se isso acontecer, com certeza nenhum problema nessa parceria haverá.

Balbino faz agradecimentos

Agradeço primeiro a Deus que me dá essa oportunidade imensa. À minha família, que sempre me deu apoio. Aos meus amigos e também à todas as pessoas que acreditaram que isso poderia acontecer. Desde muito tempo venho ouvindo: "Balbino você é a pessoa indicada para secretaria". Então, acredito que foi um reconhecimento. Sou grato à administração, prefeito e vice que aceitaram que eu pudesse assumir essa secretaria.

Não posso deixar de falar o nome de uma pessoa, tem tantas, mas quando falo em Festa da Origens não posso esquecer de uma pessoa, o Jean Carlos Leite. Ele foi o meu braço direito durante a festa. A Festa das Origens não aconteceu só através do Balbino, foi uma equipe, mas na parte dos eventos, quero deixar dito que o Jean foi um grande amigo.

A todos que estão torcendo para que tudo isso dê certo, muito obrigado!



Política
12 Fevereiro 2019 09:57:00

$artigoImagemTitulo

O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (12), no Twitter, o investimento, por meio de patrocínio da Caixa Econômica Federal, em atletas portadores de deficiência.

"A inserção social de deficientes por meio do esporte é mais uma das frentes de investimento do novo Brasil que almejamos", diz a mensagem.

O vídeo compartilhado junto com a mensagem mostra que o projeto Caixa Mais Brasil visitou Rio Branco, no Acre, onde os atletas com deficiência treinam num Centro de Iniciação ao Esporte financiado pelo banco.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a instituição pretende mudar a política de investimentos, dando prioridade ao esporte de base e de grupos comunitários, em vez de grandes clubes.

Fonte


BRASIL
12 Fevereiro 2019 08:17:00

$artigoImagemTitulo

O corpo do jornalista Ricardo Boechat deve ser cremado hoje, dia 12, em cerimônia reservada para parentes e amigos próximos, segundo informações do Grupo Bandeirantes de Comunicação. Até as 14h ocorre o velório no MIS (Museu da Imagem e do Som), no bairro Jardim Europa, na capital paulista.

O jornalista do Grupo Bandeirantes morreu na queda de um helicóptero na Rodovia Anhanguera, quando retornava de uma palestra em Campinas. O helicóptero caiu em cima de um caminhão no km 22 da Rodovia Anhanguera, sentido interior, com o Rodoanel, e acabou explodindo. O motorista do caminhão conseguiu escapar com vida. 

O acidente ocorreu no início da tarde de ontem, dia 11. O piloto da aeronave, Ronaldo Quatrucci, também morreu. 

A pedido do presidente Jair Bolsonaro, o ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, irá representá-lo no velório do jornalista. Bolsonaro disse que ele e Boechat eram amigos "há mais de 30 anos" e que apelidou o jornalista de "Jacaré". 

Boechat tinha 66 anos, era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ. 

Dono de um humor ácido, usava essa característica para noticiar fatos e criticar situações. O tom era frequente nos comentários de rádio, televisão e também na imprensa escrita. Autoridades dos três Poderes vieram a público para lamentar a morte do jornalista. 

Boechat deixa a mulher, cinco filhas e um filho.

Fonte: Agência Brasil


SANTA CATARINA
12 Fevereiro 2019 07:34:00

$artigoImagemTitulo

O governador Moisés, acompanhado do comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina e atual secretário da Segurança Pública, coronel PM Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, utilizou as redes sociais para anunciar a abertura de concurso com mil vagas para o ingresso na carreira da Polícia Militar e a prorrogação da Operação Veraneio até 11 de março. Os dois pronunciamentos foram feitos do gabinete da residência oficial do governador, em Florianópolis, na tarde desta segunda-feira, dia 11.

"O ingresso de novos soldados fortalece o efetivo da PM e a nossa Segurança Pública como um todo. Já a manutenção da estrutura mobilizada na Operação Veraneio até o carnaval assegura aos catarinenses e aos visitantes uma melhor condição de logística, proteção e prevenção, justamente em um período em que muitos turistas vêm a Santa Catarina", anunciou o governador. 

Juntas, as duas medidas representam um investimento de mais de R$ 5,4 milhões do Governo do Estado. O processo para o lançamento do edital do concurso será conduzido pelo departamento jurídico da PM. O coronel Araújo Gomes destacou que as duas ações são fundamentais para o desempenho da atividade policial com foco na redução dos índices de violência no estado. "Tanto é que o nosso trabalho foi muito bem avaliado durante a Operação Veraneio. Reduzimos a criminalidade durante esse período e, agora, estamos garantindo que o turista que ainda está vindo para Santa Catarina encontre mais segurança", completou Araújo Gomes.

Os resultados da Operação Veraneio e toda a força técnica e operacional dedicada à mobilização também visam alavancar o setor do Turismo, que representa cerca de 13% do PIB catarinense. "Turismo é feito de experiência, se ela for boa, o visitante volta. Nesse aspecto, a segurança é fator decisivo na escolha do visitante, da mesma forma em que o morador local também precisa viver e estar seguro", enfatizou Moisés. 

Operação Veraneio em Santa Catarina

A Operação Veraneio 2018-2019 é uma das maiores mobilizações de prevenção e segurança desenvolvidas no estado e nesta edição ocorre em 61 dos 295 municípios catarinenses. Coordenada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, a Operação reúne polícias Civil, Militar e Rodoviária, Bombeiros, IGP e Detran, as secretarias da Defesa Civil e da Justiça e Cidadania, Exército, Marinha, Aeronáutica, polícias Federal e Rodoviária Federal, bem como as prefeituras abrangidas por meio das guardas municipais. 

Cerca de nove mil profissionais de segurança pública e outros mil guarda-vidas contratados contam com cerca de duas mil viaturas, sete helicópteros e três aviões, além de quadriciclos, motonáuticas e embarcações. Devido à forte presença de turistas argentinos durante a temporada de verão em Santa Catarina, policiais e bombeiros do país vizinho também estão integrados. A participação deles foi viabilizada por meio de convênio de cooperação na área de segurança pública entre Santa Catarina e a Província de Missiones. 

As corporações também contam forte apoio tecnológico e, de forma inédita nesta Operação, um sistema de inteligência analítica foi adotado pela SSP. A plataforma tecnológica permite acompanhamento em tempo real das ações de segurança em andamento. As autoridades de segurança e o próprio governador têm acesso online ao sistema de informações para acompanhamento permanente via tablet e Smartphone. Ainda no âmbito do Governo do Estado, a Casan, a Celesc e a secretaria de Estado da Saúde reforçam suas ações durante a operação.


Santa Terezinha
11 Fevereiro 2019 15:39:00

$artigoImagemTitulo

No mês de fevereiro de 2016 o então prefeito de Santa Terezinha, Valdecir Ferens, na presença de vereadores, secretários, autoridades municipais e demais servidores assinou o contrato e a ordem de serviço para a construção das duas pontes no Rio Itajaí Norte. Ponte Iracema, no valor de R$ 1.055.555,55, e a ponte Barra da Prata também chamada de Ponte do Marquetti, no valor de R$ 1.444.444,44. Ambas, que ligam os municípios de Santa Terezinha e Itaiópolis, foram destruídas pelas enxurradas no ano de 2014.

A construção das referidas pontes teve início com a abertura do Processo Licitatório de 38/2015, pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC), para a contratação de empresa para elaboração de Projeto Executivo e para Execução das Obras, onde sagrou-se vencedora a Empresa Salver Construtora e Incorporadora Ltda, cujo processo foi homologado em 18 de fevereiro de 2016.

A empresa Salver tinha o prazo de 365 dias para concluir as duas obras, porém por alguns motivos, após apontamento feito pelo Ministério da Integração Nacional, as obras ficaram paralisadas e agora, após três anos é que a segunda parte do projeto, que é a colocação das estruturas, está sendo executada. É considerada como primeira fase a construção das cabeceiras. E a terceira e última, será a construção das rampas de acesso que tanto o projeto quanto os custos não estão inclusos no projeto inicial, licitado em 2015.  


Engenheiro civil da Prefeitura fala do processo de conclusão


O Engenheiro Civil Erikson Focchi, 24 anos, que atua na Prefeitura Municipal de Santa Terezinha há cerca de um ano, diz que obras ficaram paralisadas por um período, e há duas semanas as mesmas foram retomadas com a colocação da parte mais relevante da obra. "Estamos fazendo o acompanhamento e fiscalização. Nos próximos dias as estruturas metálicas estarão instaladas, elas representam o serviço de maior relevância das pontes, tendo em vista o valor e a dificuldade de sua montagem e instalação".

Atuando há pouco tempo no município, o jovem engenheiro não acompanhou todo o processo da obra, mas diz que tomou conhecimento assim que assumiu a função. Sobre os problemas no processo de execução e paralização das obras, Erikson explica: "Na verdade existe um ante projeto realizado pelo engenheiro responsável pelo Município da época, porém, quando a empresa vencedora do processo licitatório iniciou os estudos e projetos, os quais são de responsabilidade da contratada, perceberam que seria necessário um estudo hidrológico para saber a altura em que a ponte deveria ser construída. Deste modo, após os resultados do estudo e a escolha do método construtivo (estrutura metálica em treliças sem apoios centrais) foi necessário elevar a altura da estrutura da ponte para que a mesma não seja atingida pela água em períodos de cheia. Segundo a empresa contratada este seria o método com menor custo".

Conforme o engenheiro, devido às mudanças necessárias a partir do projeto inicial, um novo plano de ações está sendo elaborado que deve ser apresentado ao Ministério de Desenvolvimento Regional para pleitear recursos para finalização das obras. "Ainda não foi fixado um prazo para entrega final da obra, tendo em vista que dependemos de fatores externos como a aprovação do plano de ações pelo Ministério de Desenvolvimento Regional", comenta Focchi.

 "As pontes serão finalizadas na altura que se encontram hoje, a solução para os acessos está em faze de estudos e projetos e faz parte do plano de ações", cita o engenheiro e acrescenta "Os valores dos acessos não estão incluídos na ordem de serviço inicial, a administração está trabalhando para conseguir o recurso financeiro necessário, sendo o primeiro passo a elaboração do projeto, bem como o plano de ações, deve ser finalizado até o final de fevereiro. Ainda não foram estimados os custos para a conclusão desta terceira e última fase da obra".

Na opinião do engenheiro civil houveram alguns equívocos desde o projeto inicial e no percurso da obra "Em minha opinião existiram alguns equívocos, porém, hoje, da forma que se encontram as obras a melhor solução e menos onerosa é a finalização das pontes e a construção de seus acessos para que a obra tenha funcionalidade e atenda a população da região no menor prazo possível", finaliza Erikson.


Prefeita Valquíria acompanha instalação de estrutura


Na quarta-feira, dia 5, a prefeita Valquíria junto com o Engenheiro Civil da Prefeitura, Erikson Focchi visitou a obra da ponte na comunidade Barra da Prata, divisa com Itaiópolis. "Após um longo período, as obras são retomadas e estamos acompanhando os serviços de colocação da estrutura metálica nesta ponte do Marquetti", falou Valquíria.

Na oportunidade, a Prefeita voltou a falar da necessidade da obra para a comunidade e região. "Precisamos dessa ponte, bem como da ponte Iracema, para que as pessoas possam se deslocar, para que tenham acesso às necessidades mais básicas como saúde e educação", mencionou.

A instalação das estruturas ainda não é a parte final das obras, comenta a prefeita. Após muita dor de cabeça para a administração municipal, com alteração dos projetos e custos iniciais, cabe a administração pleitear mais recursos para finalizar as duas pontes. "Estamos pleiteando o recurso para conclusão da obra. Vamos apresentar nos próximos dias um plano de ação com as rampas de acesso junto ao Ministério da Integração para pleitear o recurso da conclusão", disse Valquíria.

"Esperamos em breve poder concluir e inaugurar essas obras para a alegria da população, pois todos têm o direito de ir e vir. Todos os esforços necessários estamos fazendo para alcançarmos os recursos para conclusão", finalizou.