Siga nossas redes


Rio do Campo
25 Outubro 2021 17:18:00

$artigoImagemTitulo

A Secretaria de Educação de Rio do Campo está realizando chamada pública de vaga remanescente para a contratação de professor de Artes.

Os candidatos interessados devem dirigir-se à Secretaria de Educação, localizada na Rua Avenida Tiradentes, 217, bairro Guanabara, às 09h da próxima quinta-feira (28).

Quadro de vaga

Unidade de ensino: Escola Municipal Prefeito Hilario Preis

Carga horária: 20 horas

Períodos: Matutino e Vespertino

Disciplina: Artes

Mais informações: 3564-1003 


Bolsonaro
25 Outubro 2021 17:16:00

$artigoImagemTitulo

No domingo (24), o Facebook tirou do ar uma live em que o presidente Jair Bolsonaro associa a vacina contra a covid-19 à Aids. No vídeo transmitido na quinta-feira (21), o chefe do Executivo afirma que pessoas do Reino Unido estão tomando vacina e adquirindo a doença causada pelo vírus HIV, informação que já foi desmentida por autoridades de saúde.

Após remover o conteúdo da rede, o Facebook explicou que as políticas da plataforma "não permitem alegações de que as vacinas de covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas". O Instagram - que pertence ao Facebook - também removeu o vídeo.

A alegação de Bolsonaro foi refutada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e criticada pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). Em comunicado, o Comitê de HIV/Aids da SBI afirmou: "Não se conhece nenhuma relação entre qualquer vacina contra covid-19 e o desenvolvimento de síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]".

Médicos, infectologistas e cientistas classificaram a fala de Bolsonaro como absurda. Nas redes sociais, os especialistas reforçam que não existe possibilidade de que uma das vacinas liberadas para uso contra a covid-19 cause Aids.

"Não existe NENHUMA possibilidade de a vacina causar AIDS. ZERO. Qualquer que seja a vacina. É isso que precisa ser divulgado de forma clara e direta", escreveu o médico e advogado sanitarista Daniel Dourado.

O médico infectologista Gerson Salvador afirmou que a declaração do presidente pode atrapalhar a campanha de vacinação, que deve vencer a barreira daqueles que desconfiam - sem fundamentos sólidos - das vacinas.

A SBI também reforça a importância da vacinação para pessoas que vivem com HIV. "Destacamos, inclusive, a liberação da dose de reforço (3ª dose) para todos que receberam a 2ª dose há mais de 28 dias", disse a sociedade médica.

Em março de 2020, a rede social tirou do ar um vídeo em que Bolsonaro promovia aglomerações em meio à pandemia. No entanto, esta é a 1ª vez que uma live semanal é removida.


De onde vem a informação falsa?

As supostas notícias lidas por Bolsonaro na transmissão afirmavam que relatórios do governo britânico indicavam que vacinados estariam com o sistema imunológico enfraquecido e adquirindo a síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids). Na verdade, os documentos fazem a vigilância dos efeitos das vacinas na população ao longo do tempo e não citam a Aids ou qualquer prejuízo causado ao sistema imune nos vacinados.

A agência de checagem independente aos fatos fez uma verificação completa (que pode ser confirmada pelo leitor aqui).

O atraso de 3 dias até que o Facebook decidisse tirar do ar o vídeo com a transmissão de Bolsonaro ampliou o estrago - milhares ou talvez milhões de brasileiros tiveram contato com uma informação falsa reproduzida pelo chefe do executivo e cabeça do governo brasileiro.

Até o momento, mais de 50% da população brasileira recebeu as 2 doses de uma das vacinas contra a covid-19, e vários outros países estão com taxas semelhantes de vacinação. Embora nenhuma vacina contra nenhuma doença ofereça proteção total e seja totalmente isenta de efeitos colaterais, assim como acontece com qualquer tratamento de saúde, os números da pandemia mostram que os imunizantes funcionam e são a melhor opção para combater a covid-19, além de evitar ainda mais mortes.


As vacinas causam alguma doença?

As vacinas não são feitas para causar doenças, mas sim para preveni-las. Para isso, elas usam um antígeno (um pedaço do patógeno ou ele inteiro e inativado) que ativa o sistema imunológico para produzir células de proteção contra um invasor específico.

Funciona assim: sempre que o corpo detecta um invasor que pode causar algum mal (bactérias, vírus etc.), inicia a produção de anticorpos e outras células de proteção voltadas para a eliminação do invasor recém-chegado. Assim, as vacinas apresentam ao corpo um pedacinho do vírus que funciona como uma identidade que permite reconhecê-lo (o antígeno). É como se a vacina dissesse ao corpo: "Está vendo esse cara aqui? Vai atrás e tira ele daqui!".

Quando a pessoa recebe a vacina, o corpo fica mais ágil e preparado para criar as células de proteção em massa e combater a infecção de uma maneira muito mais eficiente quando tiver contato com o vírus de verdade.

Mas e as pessoas que tomaram a vacina e tiveram febre e dores? Isso acontece porque vacina necessariamente induz uma inflamação leve para ativar o sistema imunológico e, assim, dores ou febre podem aparecer. Portanto, isso é um sinal de que o sistema imune funciona.

Via: tecmundo


Santa Catarina
25 Outubro 2021 17:13:00

$artigoImagemTitulo

A primavera e o verão são quentes na maior parte do Brasil e Santa Catarina é um dos Estados onde as temeraturas são mais elevadas. Em algumas cidades esse fenômeno é ainda mais frequente devido a fatores geográficos e climáticos de cada região.

Os altos índicas de calor costumam durar por cerca de seis meses no Estado e levam moradores à praias, cachoeiras, campings e parques aquáticos para se refrescar durante este período.

Além dos catarinenses, Santa Catarina também recebe turistas para curtir o calor. Por isso, o Hora de SC fez um levantamento com as cidades mais quentes de Santa Catarina.

?

As cidades mais quentes de Santa Catarina

As estações quentes do ano começaram e as altas temperaturas já começam a surgir. Juntamente com esse cenário, as férias do fim do ano também se aproximam e muitas pessoas buscam por opções para passar as festividades desse período em regiões mais quentes.

Alguns municípios catarinenses historicamente costumam apresentar altas temperaturas. Essa questão as intensifica em estações que costumam ser mais aquecidas, como a primavera e o verão. Confira a lista com as cidades mais quentes e SC.

?

 - Blumenau

 - Joaçaba

 - Orleans

 - Itapiranga

 - Indaial

 - Florianópolis

 - Joinville

 - Urussanga

 - Araranguá

 - Jaraguá do Sul

 - Corupá

 - Caibi

 - Schroeder

??

Blumenau

Localizada no Vale do Itajaí, Blumenau é uma das cidades catarinenses mais conhecidas pelos brasileiros em geral. Trata-se do berço de um dos principais Oktoberfests do mundo. Além disso, o município apresenta diversas atrações culturais e festas.

Em diversas ocasiões, Blumenau apresentou altas temperaturas. Em 2019, de acordo com a Epagri/Cipram, o município chegou a registrar 41º C de temperatura máxima.

Joaçaba

Joaçaba está localizada no Meio-Oeste catarinense. O município também conta com diversas atrações culturais e costuma apresentar atividades diversas nos meses que antecedem o Carnaval. Durante a primavera e verão, a média de temperatura pode chegar a 29,6 ºC.

Orleans

Trata-se de uma pequena cidade localizada no litoral sul catarinense. O município tem apenas 21.393 habitantes e está localizado próximo do mar e da Serra do Rio de Rastro. A média de temperaturas na primavera e verão são altas. Inclusive, em janeiro de 1963, Orleans chegou a registrar máximas de 44,6 ºC.

Itapiranga

Essa é outra ótima alternativa para quem gosta de curtir uma boa experiência em uma cidade pacata do interior. Itapiranga tem pouco mais de 16 mil habitantes e fica no extremo oeste de Santa Catarina. O setor agropecuário é a base de econômica do município. Durante as estações mais quentes do ano, as temperaturas na cidade podem chegar até 32 ºC.

Indaial

Também localizada no Vale do Itajaí, a cidade de Indaial é um importante polo industrial no Estado. O município conta com diversas áreas arborizadas são uma atração a parte para os turistas. As temperaturas também são altas no município e em 2019 o município chegou a registrar máximas de 39,5 ºC.

Urussanga

Assim como Orleans, Urussanga está localizada no litoral sul de Santa Catarina. O município se destaca no cenário regional pela produção de vinho e também conta com uma rica programação cultural. As temperaturas costumam ser altas e podem chegar a 30 °C no município catarinense.

Florianópolis

Não poderíamos deixar te falar da capital catarinense. Florianópolis é bastante famosa por suas praias, incluindo regiões turísticas como a Praia dos Ingleses e o extremo norte da Ilha de Santa Catarina. Vale destacar também que a Lagoa da Conceição é bastante popular para a prática do surf e também é utilizada para excursões de barco.

Atualmente, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Florianópolis tem 516.524 habitantes na estimativa 2021. É uma das maiores cidades do Estado. A capital também costuma apresentar altas temperaturas. Por esse motivo, é uma ótima opção para quem deseja curtir o calor do litoral. Em 2019, o município chegou a apresentar máximas de 37,4 °C.

Criciúma

Localizada no sul catarinense, Criciúma é um dos maiores municípios do Estado. Com 219.383 habitantes conforme a estimativa 2021 do IBGE, Criciúma é uma ótima opção para quem deseja curtir o clima e a agitação de uma cidade grande e que, ao mesmo tempo, costuma apresentar altas temperaturas neste período do ano. Em janeiro de 2019, por exemplo, o município chegou a apresentar máximas de 40,1º C.

Joinville

De acordo com o IBGE, Joinville é a maior cidade de Santa Catarina. O município conta com 604.708 habitantes na estimativa 2021. A cidade está localizada na região norte do Estado e também é uma ótima opção para quem deseja curtir as altas temperaturas do final do ano. Segundo o Climatempo, Joinville chegou a ter máximas de 42,9 °C em outubro de 2020.

Jaraguá do Sul

Está próximo a Joinville e também localiza-se no norte catarinense. Segundo a estimativa IBGE 2021, a cidade tem 184.579 habitantes. Jaraguá do Sul costuma ser marcado pelas altas temperaturas na primavera e verão. Em outubro de 2020, o município registrou 43,8ºC conforme informações do Climatempo.

Corupá

Trata-se de um pequeno município localizado no interior catarinense e com apenas 16.107 habitantes. A cidade se destaca pelas belezas naturais e ecoturismo. Próximo da Serra do Mar, há um vale replet de quedas d'água e vegetação da Mata Atlântica.

A economia regional é baseada na agricultura e a principal cultura desenvolvida é a plantação de bananas. Além disso, o município é conhecido pelo cultivo de plantas ornamentais, bromélias e orquídeas. Essas plantas abastecem o mercado interno e também o internacional.

Apesar de ser uma cidade pacata, Corupá costuma apresentar altas temperaturas nas estações quentes. Em outubro de 2010, por exemplo, o município chegou a apresentar máximas de 42,9 °C.

Araranguá

Araranguá está localizada no litoral sul de Santa Catarina e apresenta população de 62.308 habitantes. O município é banhado pelo Rio Araranguá e destaca-se pela produção de arroz e milho.

Vale destacar também que Araranguá costuma apresentar altas temperaturas nas estações mais quentes do ano. Em janeiro de 2019, por exemplo, o município registrou máximas de 39,5 °C.

Caibi

Caibi é uma ótima cidade para quem busca um ambiente pacato e tranquilo no interior. O município tem uma população de 6.199 habitantes e está localizado no oeste catarinense. A economia local é baseada no comércio e agricultura local.

Caibi também costuma apresentar elevadas temperaturas. Em outubro de 2020, a cidade chegou a ter máximas de 45,6 °C de acordo com o Climatempo.

Schroeder

O município está localizado próximo a dois importantes polos regionais catarinenses: Joinville e Jaraguá do Sul. Schroeder tem 15.316 habitantes e também costuma ter temperaturas elevadas nas estações mais quentes do ano. Em outubro de 2020, as máximas chegaram a 42,7 °C no local.

?

Entenda por que essas cidades registram altas temperaturas

O Estado de Santa Catarina, assim como toda a região Sul do Brasil, está localizado em uma região com média latitude (distância de um ponto em relação à Linha do Equador). Por esse motivo, a região apresenta um clima subtropical.

Esse tipo climático se caracteriza por apresentar estações bem definidas. Com isso, o inverno costuma apresentar baixas temperaturas (podendo nevar, inclusive) e no verão as temperaturas podem ser superiores ao 40 °C. Essa questão se dá devido à influência da massa de ar tropical.

O fato de as estações serem bem definidas significa que há uma grande variação de temperatura se compararmos as estações frias com as quentes do ano. As cidades litorâneas ou que estejam próximas ao litoral, costumam ser ainda mais quentes devido à umidade oriunda do Oceano Atlântico. Na primavera em Santa Catarina os raios solares batem com mais intensidade no Hemisfério Sul do planeta.

Vale destacar também que a ocorrência de altas temperaturas nos meses finais do ano é comum, pois estamos nas estações mais quentes do ano, ou seja, primavera e verão. Há também a influência da questão climática nas altas temperaturas destes meses.

Fonte: Hora de Santa Catarina / NSC Total


Auxílio Brasil
25 Outubro 2021 17:11:00

$artigoImagemTitulo

As famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza aptas a receberem o Auxílio Brasil devem estar inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) e ter suas informações pessoais atualizadas na plataforma para receberem o benefício.

Na última semana, o Governo Federal anunciou que o Auxílio começará a ser pago em novembro, apresentando um reajuste de 20% em cima do valor dos benefícios que eram pagos pelo Bolsa Família. Dessa forma, o novo programa pagará um valor mínimo de R$ 400 aos beneficiários.


Mas o que é o Cadastro Único?

Utilizado por diversos programas sociais, como o Auxílio Emergencial, o cadastro Único reúne informações sobre as famílias brasileiras que estão em situação de pobreza e extrema pobreza no Brasil.

Com base nesses dados, o governo federal, os estados e os municípios brasileiros conseguem traçar a implementação de políticas públicas que visam melhorar o modo de vida dessas famílias.


Como se cadastrar no CadÚnico?

Para conseguir se inscrever no CadÚnico, as famílias devem receber, por mês, juntando todos os salários de seus membros e dividindo o valor pela metade, até meio salário mínimo, R$ 550, ou então ter renda mensal de até três salários mínimos, ou seja, R$ 3.300.

Moradores de rua ou famílias desabrigadas também podem se inscrever.

O primeiro passo a ser tomado para abrir uma conta no Cadastro Único é verificar onde é feito o CadÚnico na cidade. Geralmente, as prefeituras realizam os cadastros nos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social).

Se não for o caso, os assistentes sociais encaminham até o destino correto. Em alguns casos, é preciso agendar o atendimento, que pode ser feito através do Centro de Referência. Na sequência, é necessário separar a documentação que será utilizada para o cadastro.

O responsável familiar, ou seja, a pessoa que será cadastrada em nome de sua família no CadÚnico deve ter pelo menos 16 anos, CPF ou Título de Eleitor. Para realizar a ação, é necessário levar os documentos já citados e apresentar ao menos um dos seguintes documentos de cada pessoa que integra a família:

 - Certidão de nascimento;

 - Certidão de casamento;

 - CPF;

 - RG;

 - Carteira de trabalho;

 - Título de eleitor;

 - Registro Administrativo de Nascimento Indígena, se for o caso.

Os responsáveis pelas famílias indígenas ou quilombolas não precisam apresentar CPF ou Título de Eleitor caso não tenham nenhum deles, mas devem levar outro documento de identificação entre os listados acima.

Pessoas que não apresentam documentação ou registro civil podem se inscrever no Cadastro Único, mas não terão acesso a programas sociais até que tenham a documentação necessária.



Entrevista de cadastramento

Após reunir os documentos e buscar pela central de cadastramento, o responsável familiar deve realizar uma entrevista para ser aceito no CadÚnico. Nessa etapa, o entrevistador social fará perguntas sobre a realidade da família.

As perguntas variam entre quem faz parte da família, características do domicílio, despesas, se há pessoas com deficiência no núcleo familiar, quais são os graus de escolaridade dos integrantes, características de trabalho e remuneração de todos, se a família é indígena ou quilombola, entre outros aspectos.

Após a entrevista, será solicitada a assinatura do responsável familiar no formulário preenchido e entregue a ele um comprovante de cadastramento. Quando inserido os dados da família no sistema, ele checará se todos possuem um NIS (Número de Identificação Social).

Se não tiverem, será atribuído a eles um NIS que pode levar até 48 horas para ser gerado, com o objetivo de garantir que cada pessoa cadastrada é única. Uma vez realizado todos esses processos, é preciso manter sempre atualizado os dados fornecidos ao governo.

Caso haja alguma alteração na composição familiar ou outra mudança, o responsável deverá procurar o CRAS municipal e atualizar os dados de todos, para que continuem recebendo os benefícios solicitados.

Fonte: ND+ / Com informações do R7


Rio do Campo
25 Outubro 2021 16:41:00

$artigoImagemTitulo

O município de Rio do Campo teve nessa segunda-feira (25) uma excelente notícia. Não há casos ativos de Coronavírus em moradores da cidade.

A Secretaria da Saúde vem fazendo um trabalho incansável de prevenção e vacinação da população, o que tem causado grande impacto.

Cerca de 80% da população já tomou pelo menos uma dose da vacina. Quem ainda não se vacinou, precisa tomar a segunda dose ou a dose de reforço, procure o Posto de Saúde do Centro.

Mesmo sem casos ativos, os cuidados sanitários devem continuar.


Coronavírus
25 Outubro 2021 14:05:00

$artigoImagemTitulo

O Estado de Santa Catarina ultrapassou a marca de 90% da população com 12 anos ou mais vacinada com a primeira dose contra a Covid-19 no último domingo, 24. O Vacinômetro SC apontou que 5.524.614 pessoas receberam a primeira dose, 3.849.158 foram vacinadas com a D2, 257.149 com a dose única, 209.718 idosos e trabalhadores de saúde receberam a dose de reforço e 10.896 imunossuprimidos com a dose adicional.

Em relação à população total, Incluindo os que têm menos de 12 anos, significa que 76% de todos os catarinenses já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A evolução também é percebida no total da população vacinável completamente imunizada, que ultrapassou os 67% com o esquema vacinal completo (com a segunda dose ou dose única), chegando a 4.106.307.

"Ao atingirmos a marca de 90% da população maior de 12 anos tendo recebido a primeira dose da vacina, não podemos nos esquecer de avisar que quem ainda não tomou a segunda dose, no caso em que recebeu a Coronavac, a AstraZeneca ou a Pfizer, que seu esquema de vacinação tem duas doses e que é fundamental completar a imunização. Devemos salientar que quase a totalidade da população com 60 anos ou mais completou o esquema vacinal, mas ainda há mais de 400 mil pessoas que não voltaram para ser plenamente imunizadas. É imprescindível que se lembrem dessa necessidade", afirmou o governador Carlos Moisés.

"É de extrema importância que a população catarinense compreenda que o maior nível de proteção ocorre 14 dias após completar o esquema vacinal, com a segunda dose ou a dose única. Já para os idosos acima de 60 anos, nesse momento é fundamental que todos recebam uma dose de reforço cinco meses após terem completado o esquema vacinal primário, e, para os imunossuprimidos, 28 dias após. A cobertura vacinal já é suficiente para observarmos uma melhora nos indicadores, mas precisamos alcançar e superar a meta de 85% da população totalmente imunizada. Se hoje somos o segundo estado em aplicação de primeira dose e o quarto na imunização completa, isso é devido à agilidade na distribuição e grande competência dos municípios em aplicar rapidamente as vacinas", expôs o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

O sistema do vacinômetro é alimentado pelos municípios. Até o momento, 99,5% dos idosos com 60 anos ou mais completou o esquema vacinal com duas doses ou dose única; adultos, com idade entre 40 e 59 anos, a cobertura está em 87%; e a população com idade entre 18 e 39 anos está com 52% do seu esquema vacinal completo.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, lembrou ainda que, para um maior controle da doença, é necessário vacinar pelo menos 85% da população, de forma a promover uma imunidade coletiva suficiente para reduzir a circulação do coronavírus, e proteger aqueles que não podem se vacinar até o momento, como as crianças menores de 12 anos. "Segundo último levantamento da DIVE/SC, cerca de 432 mil pessoas que receberam a primeira dose estão em atraso na aplicação da segunda dose, e com isso apresentam elevado risco de desenvolverem formas graves da Covid-19", acrescentou.

Queda nos óbitos

Levantamento preliminar realizado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC) da Secretaria de Estado da Saúde mostra que no período de 14 de setembro a 13 de outubro foram registrados 431 óbitos por covid em SC, representando uma queda de 34% quando comparado com o período de 30 dias anteriores, que havia contabilizado 649 óbitos.

Quando analisada a situação vacinal das pessoas que foram a óbito nesse período, das 431 mortes, 327 (76%) eram de idosos (60 anos ou mais) e 104 (34%) eram pessoas abaixo de 60 anos de idade. Dos 327 idosos, 116 (35%) não tinham completado o esquema vacinal (87 não tinham recebido nenhuma dose e 29 só haviam recebido a primeira dose), 211 (65%) tinham recebido as duas doses ou a dose única há mais de cinco meses, mas apenas dois haviam recebido a dose de reforço.

Já entre a população abaixo de 60 anos, dos 104 óbitos registrados, 88 (85%) não tinham completado o esquema de vacinação e apenas 16 pessoas (15%) estavam com o esquema vacinal completo.

Importância da vacina

"As vacinas servem para estimular o sistema imunológico a produzir anticorpos e garantir a memória imunológica. No caso da vacina contra a Covid-19, o tempo que dura essa proteção vem sendo avaliado na medida em que a vacinação avança no mundo. Na medida em que envelhecemos, nosso sistema imunológico vai perdendo a capacidade de combater novas infecções e de produzir memória imunológica, deixando os idosos mais vulneráveis a diversas doenças, com a Covid-19. Portanto, a aplicação de uma dose de reforço para os idosos se torna fundamental nesse momento da pandemia, para aumentar a produção de anticorpos e garantir que a memória imunológica seja mais prolongada", assinalou Eduardo Macário.

O baixo número de idosos que ainda não recebeu a dose de reforço serviu de base para que a Secretaria de Estado da Saúde recomendasse na última quinta, 21, a todos os municípios, a antecipação da aplicação da dose de reforço para os idosos de seis para cinco meses após a segunda dose ou dose única, como uma forma a proteger ainda mais essa população. Já o elevado número de pessoas que ainda não tomaram a segunda dose que estão indo a óbito serve para alertar aos jovens e adultos sobre a importância de se completar o esquema vacinal primário, com duas doses, de forma a ampliar sua proteção contra formas graves da Covid-19.

Mais vacinas

Apenas nesse mês de outubro, o Estado recebeu 10 lotes de vacinas, somando 1.432.380 doses. Dessas, 776.690 chegaram em Santa Catarina nesta última semana, sendo 534.690 da Pfizer e 242 mil da Coronavac.

Desde o início da campanha de vacinação, Santa Catarina já recebeu 11.859.034 doses de vacinas contra a Covid-19, tendo aplicado 9.851.535 doses até o dia 24 de outubro.


Rebeca Andrade
25 Outubro 2021 14:02:00

$artigoImagemTitulo

O Brasil fechou neste domingo sua participação no Mundial de ginástica artística de Kitakyushu, no Japão. Graças ao desempenho de Rebeca Andrade, o país conseguiu sua melhor campanha da história da competição. A campeã olímpica conquistou um ouro no salto e uma prata nas barras assimétricas.

O único Mundial em que o Brasil já havia conquistado mais de uma medalha foi o de Stuttgart 2007, quando Diego Hypolito foi ouro no solo e Jade Barbosa bronze no individual geral. Assim, a campanha em Kitakyushu se tornou a melhor do país, embora a colocação no quadro de medalhas na Alemanha tenha sido um posto melhor. Na ocasião, o Brasil ficou em quinto em um Mundial dominado por chineses e americanas. No Japão, o país foi o sexto do ranking.

Quadro de medalhas do Mundial de Kitakyushu

  • 1 - China - 5 ouros, 1 prata e 2 bronzes
  • 2 - Japão - 2 ouros, 5 pratas e 1 bronze
  • 3 - Itália - 1 ouro, 2 pratas e 1 bronze
  • 4 - Estados Unidos - 1 ouro, 1 prata e 3 bronzes
  • 5 - Federação de Ginástica Russa - 1 ouro, 1 prata e 2 bronzes
  • 6 - Brasil - 1 ouro e 1 prata
  • 6 - Filipinas - 1 ouro e 1 prata
  • 8 - Alemanha - 1 prata
  • 9 - Finlândia - 1 bronze
  • 9 - Israel - 1 bronze
  • 9 - Ucrânia - 1 bronze

Agora o Brasil soma 16 medalhas na história do Mundial conquistada por sete ginastas. Além de Rebeca, também são medalhistas em Mundiais Diego Hypolito (2 ouros, 1 prata e 2 bronzes no solo), Arthur Zanetti (1 ouro e 3 pratas nas argolas), Daiane dos Santos (1 ouro no solo), Arthur Nory (1 ouro na barra fixa), Daniele Hypolito (1 prata no solo) e Jade Barbosa (1 bronze no individual geral e 1 bronze no salto).

Em número de finais, o Brasil foi a cinco decisões em Kitakyushu, três com Rebeca Andrade (salto, barras e trave) e duas com Caio Souza (individual geral e paralelas). Um número menor que as seis finais do Mundial de 2019 e das sete de 2018, mas nas duas edições o país estava com equipe completa. No Japão, além de Rebeca e Caio, Arthur Nory competiu na barra fixa, mas não avançou à final.

Para Henrique Motta, coordenador da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), a participação brasileira é totalmente positiva.

- A gente conseguiu fazer a melhor campanha da história com um ouro e uma prata na mesma edição do Mundial. Isso nos dá mais força para continuar e seguir para o próximo ciclo olímpico. Nossa meta é seguir trabalhando na parte física, técnica, mental de todos eles para que a gente possa seguir o planejamento do novo ciclo olímpico. Tem competições importantes ainda neste ano, principalmente para as novas gerações, tem o Sul-Americano, além disso, tem os Jogos Pan-Americanos Juniores de Cáli (para atletas de até 22 anos). Esses dois campeonatos para encerrar a temporada e o ciclo olímpico, já que, em janeiro, muda o código de pontuação.

Via G1


Assassinato
25 Outubro 2021 14:00:00

$artigoImagemTitulo

Um rapaz, de 28 anos, foi assassinado na noite deste domingo (24) logo após sair de uma igreja no bairro Santa Cândida, em Curitiba. Pouco antes de ser executado, Felipe Lourenço ligou para um primo, que chegou a escutar os disparos do outro lado da linha.

Testemunhas revelaram que logo após Felipe deixar a igreja e seguir em direção ao carro, na rua Celeste Paschoal Milani. Porém, a vítima foi seguida e abordada por três suspeitos. Os indivíduos arrastaram o homem por aproximadamente 50 metros e efetuaram disparos. O pintor não resistiu.

Pouco antes de ser abordado, Felipe teria percebido uma movimentação estranha e chegou a ligar para um primo. Do outro lado da linha, o familiar acompanhou o momento de aflição da vítima e ainda pode escutar os barulhos dos disparos.

Felipe Lourenço era casado e deixa um filho de nove anos. No local, a família não quis comentar o crime e estava bastante abalada.

Existe a suspeita do assassinato ter motivação passional. Felipe estaria se envolvendo com uma mulher que terminou um relacionamento recentemente. A Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Paraná (PCPR), investigará o caso.

Via Ricmais


Bombeiros
25 Outubro 2021 13:57:00

$artigoImagemTitulo

No último sábado (23) foi realizada a solenidade de formatura da turma com 8 alunos do CFBV - Curso de Formação de Bombeiro Voluntário, que aguardavam desde 2019 para o dado momento.

A celebração foi solene na sede do BVPG - Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio, e contou com a presença de autoridades da esfera municipal que compuseram a mesa de honra, bem como convidados familiares e demais bombeiros voluntários.

O evento contou com a colação de grau dos formandos e o tradicional banho de batismo. Para Alex de Lima, Comandante do BVPG, o momento foi importantíssimo para consolidar os vínculos oficiais dos então alunos do CFBV e agora Bombeiros Voluntários para com a Associação. Ressalta - "ficamos felizes em poder estar formando mais 8 bombeiros, um sonho para eles e uma realização para a corporação. Agradecemos a cada formando pela dedicação e esforço para que agora oficialmente, possam ser chamados de bombeiros voluntários."

Vale ressaltar que os alunos já faziam parte do quadro operacional da corporação atuando como auxiliares nas ocorrências porém aguardavam ansiosos pelo então momento.

A Diretoria, Comando e toda corporação desejam a todos muito sucesso e êxito no exercício da função, com maestria e dedicação.

Fonte: Assessoria de Comunicação BVPG


Agressão
25 Outubro 2021 11:41:00

$artigoImagemTitulo

Um homem de 52 foi preso neste domingo (24) depois de agredir a esposa e tentar forçá-la a ter relação sexual em frente aos filhos no bairro Presidente Médici, em Chapecó. O caso foi por volta das 14h30, em uma residência na rua São João.

A vítima contou aos policiais que o marido começou a beber por volta das 10h30 da manhã. A esposa assistia vídeos no celular quando o homem ficou com ciúmes e passou a agredi-la com socos. Ele chegou a pegar uma faca e dizer que a mataria se ligasse para a polícia.

Após o meio-dia, ele tentou força-la a ter relação sexual em frente aos filhos de 2 e 4 anos. A mulher conseguiu se desvencilhar da agressão e acionou a polícia.

Quando os policiais chegaram, o homem já havia saído do local. A PM realizou buscas e conseguiu localizar o suspeito. Ele foi preso e encaminhado à delegacia.



Rio do Campo
25 Outubro 2021 11:37:00

$artigoImagemTitulo

A Secretaria de Obras comunica que a ponte do Rio da Prata já está liberada para o trânsito.

Durante o final de semana, a ponte ficou interditada para obras de reparos necessários.



IGP
25 Outubro 2021 11:36:00

Pioneiro, o projeto do novo RG único vai começar a ser implantado no início de novembro pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina.

$artigoImagemTitulo

Segundo o diretor-geral Giovani Adriano, vai eliminar "de forma significativa os erros e fraudes" e pode abrir caminho para um sistema integrado nacional.

Quais as principais vantagens do novo RG único, projeto pioneiro do governo do Estado que vai ser lançado no início de novembro?

A criação da identidade a partir da fusão do CPF com o RG vai eliminar de forma significativa os erros e fraudes nos cadastros de identificação pelo Brasil e diminuir os golpes com base em documentos falsos.

Hoje cada um dos 27 Estados tem seu próprio número estadual de identificação e isso abre grande precedente para fraudes, principalmente pela falta de comunicação entre os órgãos emissores.

Outra grande vantagem para a população é o fato de que em Santa Catarina os dois documentos mais presentes em nossas vidas agora terão apenas uma única numeração.

Como vai funcionar essa transição na prática? Os documentos atuais vão valer até quando?

A nova carteira de identidade com número único para RG e CPF será lançada no dia 3 e o IGP começará a emiti-la a partir do dia 8. É importante destacar que o novo documento não invalida os anteriores. A população pode ficar tranquila. As pessoas podem buscar a renovação das carteiras sem urgência.

Para fazer a transição para a plataforma do novo RG vamos bloquear no site os agendamentos para atendimento presencial entre os dias 3 e 5. A suspensão é necessária para capacitação das equipes na emissão do documento com a nova rotina, além de crucial para encerramento da fila de produção dos últimos documentos com o formato atual e a virada de chave do sistema.

A iniciativa abre caminho para um modelo de identificação nacional integrado? Qual a perspectiva disso se tornar realidade e em qual prazo?

Se replicado em todos os Estados, o projeto desenvolvido pelo IGPSC integrará todos os sistemas ao banco de dados da Receita Federal, tendo o CPF como única chave de consulta.

No futuro, com o documento vinculado ao número único nacional do CPF, e atrelado à biometria hoje utilizada na carteira de identidade, vai garantir máxima segurança ao sistema de identificação civil.

O IGP dá o primeiro passo para que esse sonho se torne realidade em âmbito nacional.

Fonte: ND+


Gasolina
25 Outubro 2021 11:35:00

$artigoImagemTitulo

A Petrobras vai reajustar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras. Segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira (25) pela petroleira, os novos valores passam a vigorar a partir de terça (26).

Com o reajuste, o preço médio de venda da gasolina passará de R$ 2,98 para R$ 3,19 por litro, um reajuste médio de R$ 0,21 por litro (alta de 7,04%). É o segundo reajuste no preço do combustível este mês. No último dia 9, a gasolina já havia subido 7,2%.

Já o litro do diesel A passará de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,28 por litro (alta de 9,15%).

No ano, o diesel já acumula alta de 65,3% nas refinarias. Já a gasolina subiu 73,4% no mesmo período.

"Esses ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras", diz a estatal em nota.


Petróleo e dólar em patamares mais elevados

A explicação para o aumentos dos preços dos combustíveis está em vários fatores, mas, principalmente, no valor do petróleo e no câmbio.

O dólar e a cotação do petróleo vêm tendo mais influência sobre os preços de combustíveis no Brasil desde 2016, quando a Petrobras passou a praticar o Preço de Paridade Internacional (PPI), que se orienta pelas flutuações do mercado internacional.

Na semana passada, o preço do barril de petróleo Brent - referência internacional - fechou acima em US$ 85,53, perto das máximas desde o final de 2018. No começo do ano, o preço médio estava abaixo de US$ 65.

Já o dólar atingiu R$ 5,6282, acumulando alta de mais de 3% na semana.

Segundo a Petrobras, o alinhamento de preços ao mercado internacional "se mostra especialmente relevante no momento que vivenciamos, com a demanda atípica recebida pela Petrobras para o mês de novembro de 2021".


Parcela da Petrobras

Com os novos valores, a parcela da Petrobras no valor do litro de gasolina pago pelos consumidores nos postos passará a ser de R$ 2,33, em média.

Já no caso do diesel, a parcela da estatal será de R$ 3,34.

Via G1


Gasolina
25 Outubro 2021 11:30:00

Preço no país está R$ 0,42 abaixo da média mundial; importadores apontam defasagem;

$artigoImagemTitulo

Embora esteja em alta também no Brasil, o preço do litro da gasolina no país é o 90º mais alto do mundo. O custo médio do produto nos postos brasileiros está em R$ 6,321. São, em média, R$ 0,42 abaixo do que tem sido praticado no mercado internacional: R$ 6,75.

A informação é do Global Petrol Prices, serviço que monitora semanalmente os preços de combustíveis e energia em 168 países com base em indicadores oficiais.

O serviço destaca que, apesar de o custo do petróleo no mercado internacional ser o mesmo para todos, os preços praticados em cada país são influenciados por diferentes tributos e subsídios.

Os valores mais baratos encontrados pelo levantamento estão em duas integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep): Venezuela (R$ 0,221) e Irã (R$ 0,330). No entanto, os dois locais praticam preços inferiores à média do cartel.

Na outra ponta do ranking, Hong Kong, na Ásia, é o local mais caro para encher o tanque. Na região autônoma da China, o litro da gasolina custa, em média, R$ 14,454.

Embora esse seja o preço mais alto, esse patamar de valores não é fenômeno isolado. Em 25 países o litro da gasolina chega a superar os R$ 10, e 19 deles ficam na Europa. O valor chega a superar os R$ 12 na Holanda (R$ 12,401) e na Noruega (R$ 12,242).


Realidade brasileira

A diferença entre a média internacional e o que tem sido cobrado nas bombas dos postos brasileiros está em linha com a defasagem que tem sido apontada pela Associação Brasileira de Importadores de Combustíveis (Abicom).

A entidade aponta que o valor praticado pela Petrobras nas refinarias está, em média, 13% abaixo da média internacional, o que representaria R$ 0,50.

De acordo com a associação, essa diferença desestimula os importadores a comprar combustível no mercado externo, pela dificuldade de concorrer com os preços praticados pela estatal, que não estariam alinhados com a Política de Paridade Internacional (PPI) adotada pela empresa.

Como a produção de gasolina nas refinarias brasileiras atende apenas cerca de 85% da demanda, a diferença vem do exterior, e essa defasagem tem feito com que o produto tenha sido trazido quase que exclusivamente pela Petrobras.


Pedidos

Na última segunda-feira (19), a estatal informou que não poderá atender a todos os pedidos de fornecimento de combustíveis para novembro. Eles teriam sido feitos pelas distribuidoras acima da média habitual para o padrão.

No entanto, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) emitiu uma nota, na qual nega que haja indicação de desabastecimento no mercado nacional de combustíveis. "A ANP segue realizando o monitoramento da cadeia de abastecimento e adotará, caso necessário, as providências cabíveis para mitigar desvios e reduzir riscos."

Presidente da Abicom, Sérgio Araújo destaca que as importadoras podem suprir a demanda, desde que a estatal se concentre em comercializar apenas o produto feito em suas refinarias, permitindo que as importadoras busquem fornecedores internacionais, praticando preços de mercado.

"Se isso acontecer e a Petrobras comunicar essa decisão com antecedência para os seus clientes, as distribuidoras, eu não tenho dúvida de que as importadoras estarão providenciando os volumes necessários para completar o abastecimento, garantindo assim o atendimento à toda a demanda, sem risco de desabastecimento para dezembro. Para o mês de novembro, tivemos a informação da ANP de que não haverá desabastecimento", avaliou.


Alta no preço do barril

Coordenador do Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), André Braz destaca que a tendência internacional é de alta no preço do barril de petróleo e concorda que há uma defasagem nos preços praticados pela Petrobras. No entanto, destaca que ela funciona como instrumento para evitar o repasse de qualquer volatilidade ao consumidor.

"É necessário saber antes se a alta é produto de um movimento natural, ou se é algo momentâneo ou especulativo. Os preços de petróleo e derivados estão em alta por causa de uma oferta reduzida, mas esses valores mais elevados podem animar alguns países a produzir mais, para faturar com essa alta, o que poderia reduzir um pouco esses preços", avaliou o economista.

Em setembro, a inflação oficial, mensurada pelo IBGE, fechou com alta de 1,16%, o maior patamar para o mês desde 1994, quando foi implementado o Plano Real. O dado foi impulsionado pela alta dos combustíveis, apontados como principais vilões do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA).

Procurada, a Petrobras reiterou o posicionamento anterior, de que os pedidos extra vieram acima da capacidade de suprimento, e que não houve, do ponto de vista do mercado, qualquer fato que justifique aumento de demanda.

A empresa destacou que tem cumprido os compromissos contratuais, e destacou que os agentes privados cadastrados na ANP podem importar combustíveis e absorver a demanda. No entanto, no posicionamento, a estatal não se manifestou sobre a previsão de importações para dezembro.


Confira os preços da gasolina ao redor do mundo, de acordo com a Global Petrol Prices:

Mais baratos:

1º) Venezuela (R$ 0,221)

2º) Irã (R$ 0,330)

3º) Síria (R$ 1,272)

4º) Angola (R$ 1,477)

5º) Argélia (R$ 1,848)

78º) Brasil (R$ 6,321)

Mais caros:

1º) Hong Kong: (R$ 14,454)

2º) Holanda: (R$ 12,401)

3º) Noruega: (R$ 12,242)

4º) República Centro Africana: (R$ 11,692)

5º) Dinamarca: (R$ 11,587)

90º) Brasil (R$ 6,321)

Brics:

1º) Índia: (R$ 7,829)

2º) África do Sul: (R$ 6,747)

3º) China: (R$ 6,746)

4º) Brasil: R$ 6,321

5º) Rússia: R$ 3,886

América do Sul:

1º) Uruguai: (R$ 8,875)

2º) Chile: (R$ 6,626)

3º) Brasil: (R$ 6,321)

4º) Paraguai: (R$ 6,245)

5º) Argentina: (R$ 5,359)

CNN Brasil


RG E CPF
25 Outubro 2021 08:11:00

$artigoImagemTitulo

O Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP) informa aos cidadãos que de 25 a 29 de outubro o agendamento de horários no site para atendimento presencial estará bloqueado. Isso porque não haverá atendimento presencial na semana do lançamento da nova identidade de número único para RG e CPF, marcado para o dia 3 de novembro. A mudança e os respectivos testes de garantia de êxito na implementação ocorrerão entre os dias 1º e 5 de novembro, por isso, nesse período os postos de identificação em todo o estado estarão fechados para a reprogramação dos sistemas atualmente em uso.

O diretor de Identificação, perito criminal Fernando Souza, explica que a suspensão no atendimento é necessária para capacitação das equipes na emissão do documento com a nova rotina, além de ser crucial para o encerramento da fila de produção dos últimos documentos com o formato atual e, por fim, para a efetiva virada de chave do sistema. Os postos de atendimento só estarão disponíveis para os cidadãos que necessitem buscar seu documento de identidade.

"A data do lançamento do novo RG com número único foi escolhida para tentar minimizar os impactos da suspensão dos atendimentos sobre os cidadãos, já que teremos uma semana curta por conta do ponto facultativo do dia 1º de novembro e do feriado no dia 2. Dessa forma, para realizar a transição do sistema atual para a plataforma do novo RG será necessário bloquear apenas os agendamentos para atendimento presencial nos dias 3, 4 e 5 de novembro. Quem entrar no site no período de 25 a 29 de outubro para agendar horário de atendimento não vai conseguir", conclui.

A partir do dia 1º de novembro o sistema de agendamentos no site do IGP já estará liberado ao público. Os atendimentos presenciais para requerer novas carteiras de identidade em Santa Catarina retornarão ao normal a partir do dia 8 de novembro e, a partir desta data, todos os documentos de identificação emitidos em Santa Catarina passarão a ter o número do CPF como chave única.



Acidente
25 Outubro 2021 08:06:00

$artigoImagemTitulo

Os Bombeiros Voluntários de Lontras estão atendendo a uma saída de pista na curva do paredão na BR 470 em Lontras.

O motorista de uma carreta perdeu o controle do veículo e acabou saindo a pista e caindo em um valo que fica as margens da rodovia.

O motorista foi encaminhado ao hospital de Ibirama com ferimentos leves já o caroneiro que também sofreu ferimentos leves foi atendido no local e recusou transporte ao hospital, a Polícia Rodoviária Federal também está no local. 


Susto
25 Outubro 2021 08:04:00

$artigoImagemTitulo

Um avião que viria para o Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó precisou retornar ao Aeroporto de Guarulhos, após um 'forte estrondo'. Conforme Joel Paulo Pommerening, morador de Chapecó e que estava na aeronave, o fato aconteceu por volta das 17h40, logo após a decolagem na cidade paulista.

Segundo Joel, após o 'forte estrondo', a aeronave ainda voou por cerca de 20 minutos, até o comandante informar que o avião retornaria ao aeroporto por problemas técnicos.

"Estava tudo dentro do normal, às 17h40, horário que era horário de voo estava dentro da normalidade. Decolamos bem certinho no horário previsto e na decolagem, na hora que o avião levantou o pico, nós ouvimos um forte estrondo da metade para trás. Até então, achávamos que tivesse sido uma colisão da traseira do avião com o solo. O avião voou por cerca de 20 minutos, ai percebemos que ele estava em uma altitude mais baixa que o normal. Como nós fizemos esse percurso por diversas vezes, conseguimos identificar essas diferenças", disse Joel.

Em solo na cidade paulista, o comandante do avião informou que o 'estrondo' poderia ter se originado devido a colisão com pássaros ou com algum outro objeto.

Segundo Joel, a equipe de manutenção fez toda a verificação na aeronave e o comandante comunicou que "estava tudo em ordem com o avião".

Após a troca da tripulação e o abastecimento da aeronave, o avião voou novamente para Chapecó.

Fonte: CLICRDC



Acidente
25 Outubro 2021 08:01:00

$artigoImagemTitulo

Na noite de domingo (24), por volta das 21h11, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência de acidente de trânsito no km 76 da BR 470, no bairro Rio Morto, em Indaial, Médio Vale do Itajaí. Uma criança de cinco anos ficou ferida e precisou ser encaminhada ao Hospital Beatriz Ramos (HBR).

No local, os socorristas se depararam com uma colisão lateral entre dois veículos, onde um deles acabou capotando em seguida. A menina de cinco anos estava no Jeep Renegade chumbo com placas Mercosul. Ela teve ferimentos médios e foi encaminhada ao HBR para receber avaliação médica. Os outros ocupante do veículo recusaram atendimento médico.

O segundo veículo envolvido no acidente, um Cruze branco com placas Mercosul, estava sem ocupantes quando a guarnição chegou ao local. Os bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Blumenau ficaram responsáveis pela ocorrência.


Acidente
25 Outubro 2021 07:58:00

$artigoImagemTitulo

No início da noite de domingo (24), um condutor ficou ferido após uma colisão lateral envolvendo dois veículos no km 73 da BR 470, próximo ao bar do mola, no bairro Rio Morto, em Indaial. A vítima foi encaminhada ao Hospital Beatriz Ramos.

O Corpo de Bombeiros de Indaial foi acionado para atender a ocorrência. No local, os socorristas se depararam com o condutor do VW Fusca, N.B. de 49 anos, que teve ferimentos médios e precisou ser encaminhado ao hospital para receber atendimento médico.

Os ocupantes do segundo veículo envolvido no acidente, um Citroen Picasso com placas de Lontras, estavam andando pela cena do acidente. Eles recusaram o atendimento médico oferecido. Os bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Blumenau trabalharam na ocorrência.


Liga Riosulense
25 Outubro 2021 07:56:00

$artigoImagemTitulo

Começou neste fim de semana mais um dos Campeonatos da Liga Riosulense de Futebol. Desta vez a bola rolou para o início da Série B "Taça Sicredi - Fiat Ravenna". A partida de abertura foi no sábado (23) em Agrolândia. O Canto do Rio/Agrolândia estreou com vitória de 4 a 0 diante do Tiradentes/CME Braço do Trombudo. Delo (2), Jeison e Pablo marcaram. Foi o único mandante que ganhou na rodada.

No mesmo dia, o Nobre Painéis FC, de Dona Emma, venceu fora de casa o Caxias por 4 a 3 em Presidente Getúlio. André Rocha foi o destaque dos vencedores com três gols. No domingo, em Rio do Oeste, os times mandantes perderam por 2 a 0. A CME Rio do Oeste/Verde Vale perdeu para a Atalantense e a CME/Galácticos /Sup. Preço Popular foi superada pelo Botafogo/CME.

Também neste domingo foram realizadas três partidas pela segunda rodada do Campeonato de Veteranos "Taça Sicredi - Fiat Ravenna". O Cruzeiro/CAHA e o Serra Cima ficaram no 1 a 1 na Baixada, em Ibirama. Em Pouso Redondo, o Aterrado Veteranos SC Tonet ganhou do Santa Terezinha por 4 a 2. Em Taió, de virada, a CME/Rioestenses ganhou de 3 a 2 do Cacique.

Foram 28 gols em sete jogos, com média de 4 gols por partida. A próxima e última competição que iniciará é a Série A no dia 6 de novembro, com o duelo de abertura na cidade de Rio do Sul. Os campeonatos da Liga Riosulense de Futebol contam com o patrocínio oficial da Sicredi e Fiat Ravenna.

>> Série B - TAÇA FIAT RAVENNA - SICREDI


1ª rodada - Sábado (23) - 15h:


S.E.C. Caxias 3 X 4 Nobre Painéis FC (Chave B)

Gols: André Rocha (3) e Vinicius (contra); Darlei, Kenedi e Fernando (C)


Canto do Rio /Agrolândia 4 X 0 CME Braço do Trombudo / Tiradentes (Chave B)

Gols: Delo (2), Jeison e Pablo




CME Rio do Oeste/EC Verde Vale 0 X 2 Atalantense (Chave A)

Gols: Augusto e Daniel


CME Rio do Oeste/Galácticos /Sup. Preço Popular 0 X 2 Botafogo/CME Trombudo Central (Chave B)

Gols: Jonathan e Itamar


>> Veteranos - TAÇA SICREDI - FIAT RAVENNA


2ª rodada - Domingo (24) - 10h:


Cruzeiro E.C. / C.A. Hermann Aichinger 1 X 1 Serra Cima Veteranos (Chave A)

Gols: Giovani Nunes (C); Júnior (S)


Aterrado Veteranos SC Tonet 4 X 2 Santa Terezinha Veteranos (Chave A)

Gols: Marcelo (2), Emerson e Adilio (A); Marcio e Givani (S)


Cacique 2 X 3 CME Rio do Oeste / Rioestense (Chave B)

Gols: Marcio e Marcio (C); Douglas, Adelar e Altamir (CME)


AGENDA PRÓXIMO FIM DE SEMANA


>> Série B - TAÇA FIAT RAVENNA - SICREDI


2ª rodada - Domingo (31) - 15h:


Aterrado FC X Sport Club de Rio do Campo (Chave A)

S. D. C. Amazonas X SME Pouso Redondo (Chave A)

Nobre Painéis FC X CME Rio do Oeste / Galácticos / Sup. Preço Popular (Chave B)


>> Veteranos - TAÇA SICREDI - FIAT RAVENNA


3ª rodada - Domingo (31) - 10h:

Aterrado Beira Rio X Cruzeiro E.C. / C.A. Hermann Aichinger (Chave A)

Serra Cima Veteranos X CME Agronômica / Asa Branca (Chave A)

C.E.R. União - Taió X Taboão E.C. / H.M. Stolf / Policarpo Turismo (Chave B)


Daniel dos Santos

Assessoria de Imprensa





PUBLICIDADE

O JATV.com.br é um portal de informação 24 horas por dia e 365 dias por ano no ar. Presentes nas redes sociais, somos compatíveis com todos os dispositivos que dispoem de acesso à internet.

Endereço: Rua 29 de Dezembro, 643 - Sala 03 - Centro, Rio do Campo - SC, 89198-000
Telefone: (47) 3564-0318 | Email: contato@jatv.com.br

|